quinta-feira, 2 de setembro de 2004

.: Resenha de "Histórias de Detetives", vários autores

Desvende este mistério 
Por: Mary Ellen Farias dos Santos

Em setembro de 2004


Suspense e mistérios para se revelar: histórias de detetives. É muito fascinante não é? A coleção da Editora Ática, Para Gostar de Ler conta com vários volumes. Entretanto, o volume 12 desta coleção reserva muito suspense aos apreciadores de detetives. "Histórias de Detetives" (1995, 112 páginas) é completo e tem uma história de Conan Doyle, criador de Sherlock Holmes, Medeiros e Albuquerque, Edgar Allan Poe, Jerônimo Monteiro, Marcos Rey e Edgar Wallace. 

Para você ficar no centro do mistério e da ação a primeira história vai deixar você de cabelo em pé. À Beira da Morte, de Conan Doyle tem a presença marcante de Sherlock Holmes e seu amigo Watson que tentam fugir das armadilhas e desvendar um mistério pra lá de horripilante. 

Se eu fosse Sherlock Holmes, de Medeiros e Albuquerque, traz no seu pioneirismo de primeiro escritor brasileiro a dedicar-se ao gênero policial. Nesta história você vai encontrar Sinhazinha, Madame Guimarães, Dr. Caldas entre outros envolvidos num roubo misterioso. 

Na terceira história temos Edgar Allan Poe, com a história: Tu é o Homem. O criador do conto policial traz neste conto dois gêneros, os quais eram os seus prediletos: terror e policial. No entanto, a atmosfera sinistra é amenizada com um toque de humor negro, o que deixa o texto ainda mais interessante. 

O Fantasma da Quinta Avenida, de Jerônimo Monteiro traz Dick Peter em ação, mas com uma dose de violência. A história se passa em nova York, o que lembra as histórias policiais americanas da época que foram popularizadas pelo cinema. 

Os fãs do brasileiro Marcos Rey podem matar as saudades deste escritor que também tem presença garantida no livro em: O Último Cuba-libre. O empresário-detetive Adão Flores segue pistas e desvenda mistérios de um crime instigante. 

Já Código 2, de Edgar Wallace conta um história interessante. Tudo se passa em 1914, no início da Primeira Guerra Mundial. Nesta história é destacado o serviço do pessoal do Serviço Secreto inglês, que usam a inteligência e a intuição de verdadeiros detetives e ainda desmascaram um perigoso espião.

Livro: Histórias de Detetives
112 páginas
Editora: Ática
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.