sexta-feira, 17 de julho de 2015

.: A princesa Rapunzel está logo ali, no Teatro Folha

Por: Mary Ellen Farias dos Santos

Em julho de 2015


O sonho de grande parte das meninas é o de ter um cabelo lindo, longo e saudável. A concretização desta idealização aparece na literatura universal por meio da personagem Rapunzel, criada pelos irmãos Grimm. Assim, a Cia Le Plat du Jour e o Teatro Folha, trazem "Rapunzel" para pertinho de seus admiradores, numa adaptação irreverente e cheia de bom humor.

Entre os pontos positivos do espetáculo está a performance com linguagem de circo, com acrobacias, o que é atraente aos pequenos. Em um texto simples, de fácil compreensão, por ser voltado ao público infantil, as atrizes Natália Presser (Rapunzel) e Ziza Brisola (Madame Gothel de Gothel) fazem revezamento -sem deixar que o público perceba a saída de uma delas em cena- ao interpretar personagens variados que surgem na trama: o príncipe, os pais de Rapunzel e as irmãs que eram rabanetes.

A história segue a original, mas com pouquíssimo drama. Logo, pode-se acompanhar o rumo de Rapunzel, após ser roubada de seus pais por uma bruxa egoísta e vingativa, chamada Madame Gothel de Gothel. A vilã não aceita dividir com mais ninguém os rabanetes de estimação que crescem em seu jardim. Para animar ainda mais a peça, Rapunzel ganha um cachorro que faz a alegria da garotada.

FÉRIAS: O espetáculo faz parte da 23ª edição do Festival de Férias do Teatro Folha, com sessões diárias de apresentações de espetáculos infantis, que acontecem todos os dias da semana até 31 de julho. Sete espetáculos estão em cartaz, garantindo a diversão durante o recesso escolar, sendo que "Rapunzel" está é exibida aos sábados e domingos, às 16 horas.


Rapunzel, no Teatro Folha
Sábados e domingos, às 16 horas
FICHA TÉCNICA
Direção: Alexandra Golik e Carla Candiotto
Texto e adaptação: Alexandra Golik e Carla Candiotto
Elenco: Naty Presser e Ziza Brisola
Stand ins: Adriana Telg e Veridiana Toledo
Cenografia e figurino: Marco Lima
Iluminação: Wagner Freire
Trilha sonora original: Guga Bernardo
Canções: Toquinho
Produção executiva: Andréa Marques
Produção: Gabi Gomes
Realização: Cia Le Plat du Jour.
Duração: 55 minutos
Classificação indicativa: a partir de 3 anos


TEATRO FOLHA: Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: http://www.teatrofolha.com.br/
Vendas por telefone e internet/ Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% de desconto / Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 00h; sábado, das 12h às 00h; e domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado /  Estacionamento do Shopping: R$ 13,00 (primeiras duas horas)  / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3104-4885 / Patrocínio: Folha de S.Paulo, CSN, Veloce, Brightstar, Nova Chevrolet e Grupo Pro Security.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de dez anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo, e do Teatro Amil, no Parque D. Pedro Shopping, em Campinas. Essa frente conta com direção artística de Isser Korik e direção comercial de Léo Steinbruch, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação da empresa, ao todo, as casas somam 2 milhões de espectadores.


Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças para os públicos adulto e infantil, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos” e “Branca de Neve e os Sete Anões” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “Te Amo, São Paulo” e a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” –, o musical “Um Violinista no Telhado”, e mostras como o “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em sua primeira edição, reuniu os melhores grupos de improviso do Brasil, como a Cia. do Quintal e Barbixas, entre outubro e novembro de 2013. A iniciativa marcou os oito anos do Teatro Amil.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.