quarta-feira, 19 de agosto de 2015

.: 8º episódio de "Scream" deixa que os fantasmas se divirtam

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em agosto de 2015



"Scream" pode não ser um grande seriado de terror juvenil, mas tenta e até consegue convencer, mesmo em meio aos erros de continuidade ou atuações fracas. No oitavo episódio da primeira temporada, intitulado"Ghosts", as novas possibilidades para que qualquer um seja o assassino serial pipocam na trama e confundem ainda mais a cabeça de quem insiste em acompanhar a série.

A brincadeira permanece interessante. Em determinado episódio as "setas" apontam para um personagem, enquanto que no seguinte tudo muda de figura e a "corrente do mal" acontece. De fato, aqui
nada é o que parece. O assassino é o professor que gosta de ninfetas ou é o pai da própria adolescente em questão (Brooke)? O novo namorado atencioso e instigante da mocinha ou o amigo nerd que, com sarcasmo, alegra a narrativa, têm culpa no cartório? Quantos são os assassinados mascarados?

Tudo fica mais confuso diante dos fantasmas que voltam para assombrar a nossa indefesa Emma (Willa Fitzgerald). Convenhamos que não há como deixar se compadecer por todo horror que a mocinha presenciou. Como escapar da cena que encerrou o episódio anterior sem qualquer sequela? Assim, o sofrimento da loirinha passa a ser do público. Bingo! Aliás, ponto positivo para o seriado.

Com os sentimentos abalados por todo o drama de Emma, não há como escapar impune e deixar de sentir a tensão da jovem -aventureira e até destemida- diante de luzes piscantes, um caminho de sangue pelo chão, visões de um ser desfigurado com o fundo musical que "canta" pausadamente o nome: Daisy.

Tudo mexe e muito com Emma -e com os que se deixam envolver pelo enredo provocante de "Scream". As alucinações dão total adrenalina na trama que está engatilhando no terror com mais propriedade. Resultado: Os fantasmas entram na história e, de fato, conseguem se divertir. Medo!

Paralelamente, Brooke (Carlson Young) descobre o que realmente aconteceu com a mãe dela, que está fora de cena, mas agitou a teia de acontecimentosEnquanto a suspeita Piper (Amelia Rose Blaire) incita Emma a procurar entender o terrível segredo que bagunçou tudo o que ela considerava verdadeiro, as "leituras" possíveis de Noah (John Karna) e Audrey (Bex Taylor-Klaus) tornam a trama ainda mais envolvente. Para esquentar ainda mais a história é Noah quem descobre a verdadeira identidade de Seth Branson: Seth Palmer. Por quê? 

Enfim, neste meio tempo é preciso elaborar teorias, tentar conectar os pontos e "saborear" os capítulos finais de "Scream", pois como Piper disse: "Segundas chances são raras, não as desperdice!"




Seriado: Scream
Episódio: 1x08 - Ghosts
Elenco: Willa Fitzgerald, Bex Taylor-Klaus, John Karna, Amadeus Serafini, Connor Weil, Carlson Young, Jason Wiles, Tracy Middendorf
País: EUA
Gênero: Horror, Suspense, Mistério
Duração: 42 minutos

Exibido em: 18/08/2015



* Mary Ellen é editora do site cultural www.resenhando.com, jornalista, professora e roteirista, além de criadora do www.photonovelas.com.br. Twitter: @maryellenfsm 



Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

3 comentários:

  1. Ao mesmo tempo que quero logo matar minha curiosidade, não queria que a série terminasse.. hahah foi tão rápida! Mas uma coisa não posso deixar de dizer, senti falta das perseguições que dão aquele frio na barriga, ou de mortes mais bem elaboradas.. É tudo muito rápido. Pra mim a melhor até o momento foi a da Riley, com toda aquela cena da Emma escolher quem deveria morrer e tal! Enfim, espero aquele terceiro ato digno dos filmes, ainda mais depois de ter realmente me afeiçoado a alguns personagens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente!! Eu sinto o mesmo... Falta aquele jogo de gato e rato terrível do serial killer com as vítimas, ação que acontece muito na franquia dos filmes "Pânico/Scream".

      Por outro lado, o seriado foi bom para relembrar o sucesso do filme com a famosa "Sidney". Por isso... Acredito que a moderna "Scream" tenha o seu mérito também.

      Muito obrigada por comentar e compartilhar os seus pensamentos sobre a série.

      Excluir
  2. O seriado segue o que se propõe a fazer... série juvenil é isso.

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.