sábado, 15 de agosto de 2015

.: "Ensino Híbrido": um livro feito por professores para professores

A obra “Ensino Híbrido: Personalização e Tecnologia na Educação” é resultado das reflexões de um grupo de 16 professores de escolas públicas e privadas que participou de uma pesquisa-ação sobre as possibilidades de implementação do modelo de Ensino Híbrido (proposto pelo Instituto Clayton Christensen) na realidade brasileira. 

Os principais temas trabalhados pelo grupo foram: novas formas de atuação, planejamento e uso integrado das tecnologias digitais em sala de aula. 

“Trata-se de um livro feito por professores para professores”, conta o coordenador de produtos da Fundação Lemann, Guilherme Antunes. A consultora do Instituto Península, Lilian Bacich, lembra que cada um aprende do seu jeito e no seu próprio ritmo. “Planejar a aula buscando estratégias que contemplem essas diferenças é um desafio do cotidiano do professor”, explica Bacich. 

Diante desse cenário, como personalizar o ensino na sala de aula? Para José Moran, pesquisador de Inovações na Educação no Instituto Singularidades e autor do primeiro capítulo do livro, o sistema educacional precisa de um planejamento de aulas baseado em valores universais como: visão de futuro, autodidatismo e protagonismo. “Temos que dar a chance do aluno explorar e aprender sozinho o básico e o ensino híbrido faz isso: tira o professor do centro e reposiciona o aluno como protagonista, sob a orientação do professor”, explica Moran.

Sobre os organizadores do livro
Lilian Bacich (Mestre em Educação pela PUC-SP e Doutoranda em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano na USP), Adolfo Tanzi Neto (Mestre em Linguística Aplicada: Linguagem e Educação pela UNICAMP e Doutorando em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUC-SP) e Fernando de Mello Trevisani (Mestre em Tecnologias e Educação Matemática pela UNESP e Pós-graduando em Educação Inovadora). O livro pode ser adquirido por meio do site da editora http://tinyurl.com/livros-ensino-hibrido.

Sobre a Fundação Lemann
Educação de qualidade para todas as crianças brasileiras e líderes focados no desenvolvimento social do Brasil. Esta é a missão da Fundação Lemann, uma organização sem fins lucrativos que desenvolve e apóia projetos inovadores em educação, realiza pesquisas para embasar políticas públicas em educação, oferece formação para profissionais da educação e para lideranças de várias áreas.

Sobre o Instituto Península
O Instituto Península tem como missão melhorar a qualidade da educação no Brasil com foco na formação do professor. Para isso, desenvolve projetos próprios e apóia iniciativas de diferentes instituições sociais que buscam valorizar a carreira docente e fortalecer os processos de ensino e aprendizagem. Criado em 2010, o Instituto Península é o braço social da família Abilio Diniz que acredita na força do professor como fator determinante para a transformação da educação brasileira.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.