quinta-feira, 27 de agosto de 2015

.: Guia "Tecnologia na Educação" pode ser baixado gratuitamente

Em cinco capítulos, o guia “Tecnologia na Educação” aborda a importância da tecnologia para a educação; os principais recursos tecnológicos usados para ensinar e aprender; como criar a infraestrutura necessária para usar tecnologia nas escolas; quais os exemplos de aplicação de tecnologia na prática – cases inspiradores –; e o que está por vir para o futuro da tecnologia na educação. O guia “Tecnologia na Educação” é gratuito e está disponível no novo site do Porvir (http://porvir.org/especiais/tecnologia/).

A tecnologia alterou a nossa forma de consumir, produzir, exercer a cidadania e se relacionar. E está, também, mudando a forma de aprender e ensinar. Quando o computador chegou às escolas brasileiras, a proposta era educar para o uso de tecnologias; hoje, usamos a tecnologia para educar. É a tecnologia, inclusive, que vai nos permitir superar três grandes desafios da educação: equidade, qualidade e contemporaneidade. Com a proposta de investigar como a tecnologia está transformando a educação e o que é preciso fazer para universalizar o uso de ferramentas digitais em escolas brasileiras, o Porvir – programa do Instituto Inspirare – apresenta o guia inédito Tecnologia na Educação.

Em cinco capítulos, o guia temático aborda a importância da tecnologia para a educação; os principais recursos tecnológicos usados para ensinar e aprender; como criar a infraestrutura necessária para usar tecnologia nas escolas; quais os exemplos de aplicação de tecnologia na prática – cases inspiradores; e o que está por vir para o futuro da tecnologia na educação, que destaca tendências. No terceiro capítulo, por exemplo, o conteúdo Tecnologia na Educação reúne exemplos de infraestrutura adequada à tecnologia: internacionais (Estados Unidos e Uruguai); e brasileiros, implementados no Paraná, Amazonas e Ceará. Em “metodologias em sala de aula”, destaque para cases como sala de aula invertida; gamificação na Playmaker School; ensino híbrido; aprendizagem colaborativa; e aprendizagem maker.

Segundo Anna Penido, diretora do Instituto Inspirare, a tecnologia não vai resolver todos os problemas educacionais; há a necessidade de mesclar o on-line e off-line, que resulta no ensino híbrido – atividades no computador e experiências/interações presenciais, que são fundamentais à promoção do desenvolvimento de forma integral. “É preciso, também, ter cuidado para que a tecnologia não crie uma versão digital de práticas pedagógicas tradicionais. Não é a mera substituição, mas a oportunidade de fazermos coisas impossíveis; de novas abordagens mais disruptivas para trazer a educação brasileira para o século 21. É disso que estamos tratando no guia Tecnologia na Educação”, detalha Anna.

Na análise trazida pelo guia temático, a tecnologia, assim como tem poder de contribuição, também pode prejudicar – seja gerando dispersão, seja ampliando a desigualdade entre os que têm acesso e os que não. Entre as reflexões, os destaques no compilado de iniciativas inovadoras mostram que a tecnologia pode transformar a educação quando a infraestrutura adequada (conectividade, rede lógica com wi-fi, equipamentos móveis e uso transparente) é garantida para todos; e quando se usam recursos digitais diversificados e qualificados (fomentar a produção por empreendedores, educadores e alunos; permitir que estejam disponíveis de forma gratuita – ou adquiridos como livro didático – para escolas, professores e alunos; avaliar para que sejam aprimorados). A formação de professores para usar a tecnologia e a mobilização da sociedade – especialmente família e alunos – também são essenciais para essa transformação.

“Um ponto importante trazido no conteúdo do guia é que a tecnologia não substitui o professor. Ao contrário, ela traz poder aos educadores ao permitir que abandonem atividades mecânicas ou repetitivas, como corrigir exercícios ou dar aulas expositivas, e tenham tempo para atuar como mediadores, mentores e designers da aprendizagem”, analisa Anna, salientando que o capítulo “Quais os exemplos de aplicação de tecnologia na prática” está repleto de cases inspiradores.

Porvir em novo formato
Segundo Tatiana Klix, editora do especial e do Porvir, o conteúdo Tecnologia na Educação integra o novo site do Porvir, sendo parte do tópico Projetos Especiais – que traz, ainda, conteúdos do Transformar, Série Diálogos O Futuro se Aprende, InnoveEdu e Apreender. Iniciativa do Instituto Inspirare, o Porvir atua na comunicação e mobilização social que promove a produção, difusão e troca de conteúdos sobre inovações educacionais. Na prática, funciona como uma agência de notícias especializada e gratuita que ajuda a mídia a aprofundar a cobertura sobre educação; a equipe identifica pautas, fontes e abordagens diferenciadas. É nesse contexto que se insere o especial Tecnologia na Educação.

“A reestruturação de layout e organização do site oferecem mais visibilidade aos vários tipos de conteúdos que são produzidos pelo Porvir. No ambiente virtual, os leitores encontrarão inúmeros cases de inovações em educação; dicas de como inovar; matérias associadas a temas como currículo, metodologias, formação do professor, gestão da educação, pesquisas e debates, políticas públicas, iniciativas empreendedoras, e arranjos educativos”, detalha Tatiana. O site conta, ainda, com as seções Diário de Inovações, que publica relatos de professores que estão inovando no dia a dia, e Glossário, uma lista de conceitos e descrições de organizações importantes para entender sobre inovação em educação. “A proposta é que todo o site – e o conteúdo sistematizado – seja instrumento de trabalho para que professores e gestores da educação possam inovar”, completa.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.