segunda-feira, 24 de agosto de 2015

.: Minicurso "A História do Batman no Cinema" retorna a Santos

Atendendo aos pedidos após o sucesso em julho, quando ocorreu no Sesc, o minicurso “A História do Batman no Cinema”, concebido pelo jornalista e crítico de cinema André Azenha, voltará a ser realizado em agosto, nos dias 29 e 30, neste sábado e domingo, das 15h às 18h, dessa vez na Open House Idiomas, tradicional escola do Boqueirão que também é reduto cultural.

Em 2014, Batman completou 75 anos. Ao longo de sua trajetória, ganhou diversas versões conforme o mundo se transformava. Tem sido, sempre, um reflexo de sua época. Em 2016, estreará “Batman V. Superman: A Origem da Justiça”, com Ben Affleck no papel do homem-morcego. A expectativa é grande para saber como será essa versão do herói.

Ao longo das seis horas divididas em dois encontros, serão retratadas todas as adaptações do personagem, dos quadrinhos para o cinema. Partindo de um filme mudo chamado “The Bat” lançado antes mesmo da criação do herói, dos seriados dos anos 40, passando pelo filme de 1966, a quadrilogia entre 1989 e 1997 e a trilogia de Christopher Nolan, além de refletir o futuro de Batman nas telonas, com o astro Bem Affleck no papel. 

Também serão abordados brevemente adaptações do personagem para longas de animação e os chamados fan films, como “Batman Dead End”, um curta que é considerado frequentemente uma das melhores versões em carne e osso do Cavaleiro das Trevas. Serão exibidas cenas desses filmes traçando comparações com os quadrinhos. Além disso tudo, Azenha levará itens suas coleções de filmes e quadrinhos do Batman para exposição.

Sobre o personagem
O homem-morcego, ao longo de seus 75 anos completados em 2014, acompanhou as transformações do mundo e é um dos heróis com o maior números de fases diferenciadas: de histórias de mistério, ficção científico, ora brincalhão, ora sinistro. São várias as fases do personagem nas HQs. 

Nos cinemas, não é diferente. Adaptado pela primeira vez nos anos 40 em dois seriados exibidos em matinês cinematográficas, o personagem teria sua primeira Batmania nos anos 60, no famoso seriado estrelado por Adam West e que teve um longa para o cinema em 1966. 

Duas décadas mais tarde, teria sua segunda Batmania de maneira mais soturna, a partir dos filmes dirigidos por Tim Burton. Já os dois seguintes, de Joel Schumacher, recuperaram o aspecto mais brincalhão do herói em dois filmes que não foram bem recebidos. 

Coube a Christopher Nolan conceber uma trilogia cujo segundo filme, “O Cavaleiro das Trevas”, transcendeu o gênero heroico para tratar de assuntos bem sérios e contemporâneos. Aliás, o filme foi o primeiro baseado em super-heróis dos quadrinhos a passar a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria. 

Por sua variedade de temas, nos quadrinhos e nos cinemas, e fases que estão ligadas a momentos importantes da história a partir do século XX, que propomos uma oficina para abordar os filmes do personagem. 

Cronograma: 
Dia 29 de agosto - Filme mudo “The Bat”. A evolução das adaptações; a série do Batman dos anos 60; a indústria passa a investir no merchandising: são criados bonecos, materiais de escola, desenhos animados, tudo para alavancar a audiência do seriado; o Brasil se rende à Batmania; o cinema também passa a influenciar os quadrinhos. 

A segunda Batmania com os filmes do Tim Burton. Os demais estúdios percebem o filão e decidem, aos poucos, investir no gênero. No entanto, os fracassos do Batman de Joel Schumacher fazem os produtores repensarem o segmento. 

Dia 30 de agosto - Christopher Nolan e “Batman Begins” fazem os quadrinhos serem levados a sério no cinema novamente e em maior escala; surge a terceira Batmania. “Batman - O Cavaleiro das Trevas” e o seguinte “Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge” ultrapassam US$ 1 bilhão de dólares cada um – a indústria se consolida; “Batman - O Cavaleiro das Trevas” transcende o “filme de super-herói” e é encarado como um filme policial, drama, leva dois Oscars. A escolha de Ben Affleck para o papel no filme de 2016. Os fan films e as animações lançadas em home vídeo. 

Sobre o oficineiro:
André Azenha: Jornalista, crítico de cinema, editor dos sites CineZen Cultural (www.cinezencultural.com.br) e CulturalMente Santista, colunista de cinema do portal G1 (da Globo), idealizador da Mostra Cine Brasil Cidadania e do Nerd Cine Fest Santos. Já escreveu sobre cinema para veículos como revista Época São Paulo, Pipoca Moderna, Gazeta de Alagoas, Jornal da Orla, Gazeta de Limeira, entre outros. 

Trabalhou com o crítico Rubens Ewald Filho entre 2008 e 2009. Ministra oficinas e cursos voltados a cinema e comunicação, como o curso livre “Introdução à História, Teoria e Crítica de Cinema”, na Open House Idiomas. Realiza o projeto Cine Comunidade pela Secretaria de Cultura de Santos. É fã de quadrinhos. Prepara um livro sobre as histórias do Batman e do Superman nos cinemas, que deve ser lançado em 2016, aproveitando a estreia de “Batman V. Superman: A Origem da Justiça”.

Serviço:
Minicurso "A História do Batman no Cinema", com André Azenha
Datas: 29 e 30 de agosto, sábado e domingo, das 15h às 18h
Local e endereço: Open House Idiomas – Rua Minas Gerais, 85, Boqueirão. 
Investimento: R$ 50, que podem ser pagos em dinheiro, cheque ou via boleto. 
Horário de matrícula: de segunda a sexta, a partir das 15h
Mais informações: (13) 99744-3726 ou pelo e-mail: editor.cinezencultural@gmail.com 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.