quarta-feira, 5 de agosto de 2015

.: Resenha crítica do filme "A Forca" (The Gallows)

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em agosto de 2015



E as câmeras "nervosas" que tremem, caem e flagram mortes escabrosas voltam para assustar em "A Forca". Não há dúvida de que o longa de terror teve o seu mérito ao mexer com a cabeça de vários estudantes, principalmente aqui no Brasil. A ação promocional tão foi levada a sério pelos alunos, que "invocar o espírito" de Charlie virou febre no ambiente escolar e na internet, antes do lançamento do filme. 

A produção com "estilo" vídeo caseiro começa há vinte anos, no colégio de uma cidadezinha que é palco de um acidente grave, ocorrido durante uma peça. Agora, os novos estudantes planejam reencenar a peça como forma de homenagem. Contudo, numa noite que prometia ser de "zoação" na escola, vira um show de horror.

Apesar de Jason Blum ser responsável por vários sucessos do cinema independente de terror, como a franquia "Atividade Paranormal", em "A Forca", a brincadeira é rasa. Não espere muito, pois o enredo da trama produzida é fraquinho.


Todo o mérito da produção distribuída pela Warner Bros. Pictures fica por conta dos sustos perfeitamente garantidos. Originalmente com o título "Superstition", "The Gallows", teve o orçamento de US$ 2 milhões, mas segue a receita do famoso "A Bruxa de Blair" e do estranho "Cloverfield".


Filme: A Forca (The Gallows, E.U.A.)
Gênero: Suspense, Terror
Elenco: Cassidy Gifford, Pfeifer Brown, Ryan Shoos, Reese Mishler, Alexis Schneider, Price T. Morgan
Duração: 87 min.
Direção e roteiro: Chris Lofing, Travis Cluff
Distribuidor: Warner Bros. Pictures
Classificação: 16 anos
Ano: 2015


* Mary Ellen é editora do site cultural www.resenhando.com, jornalista, professora e roteirista, além de criadora do www.photonovelas.com.br. Twitter: @maryellenfsm 


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.