quarta-feira, 12 de agosto de 2015

.: Uma sexta-feira que poderia ser qualquer, por Mary Ellen Farias

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em agosto de 2015


Nem sempre é fácil acertar como exatamente será um dia. Após acordar antes das galinhas -de tão cedo-, trabalhei durante o período da manhã e início da tarde. No retorno, só precisava dormir bem para descansar o corpo e a mente, pois a noite prometia: Sessão gratuita de "Homem de Aço", em 3D, no Cine Roxy.

E foi assim. Contudo, enquanto fazia o caminho para a cidade de Santos, feliz e empolgada em participar do "2º Nerd Cine Fest Santos – Festival de Cinema e da Cultura Nerd e Geek do Litoral Paulista", vi ali, na Avenida da praia, uma moça caída na via da praia, enquanto que a moto já estava erguida. 

Ao longe, não era possível entender o real motivo de os motoristas sinalizarem e mudarem para a faixa da esquerda. Logo eu que tenho o costume de utilizar a esquerda -que em Santos é sempre mais lenta nos horários de pico, optei em usar a via mais rápida a direita e presenciei toda aquela cena. 

No momento, só pensei coisas boas para aquela mulher desconhecida. Não sei se o motorista do carro a fechou, ou se foi ao contrário. O resumo é que ela estava ali. Logo, foi fácil perceber que a vida é um fiozinho delicado e bem distante da estrutura do Super-Homem. Todo cuidado é sempre pouco, principalmente quando é uma noite de sexta-feira.


* Mary Ellen é editora do site cultural www.resenhando.com, jornalista, professora e roteirista, além de criadora do www.photonovelas.com.br. Twitter: @maryellenfsm 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.