quarta-feira, 30 de setembro de 2015

.: Cidades de São Paulo participam de mobilização nacional pela leitura


Envolver o maior número de pessoas em todo o território nacional em prol da leitura é a proposta do "DIA de LER.TODO DIA!", programado para esta quinta-feira, 1º de outubro. Livros, jornais, revistas, gibis são as principais plataformas que podem ser utilizadas para a leitura mas nada impede que sejam lidas bulas, receitas e manuais. A coordenação do "DIA de LER.TODO DIA!" quer chamar a atenção de pais, professores, governantes e da sociedade como um todo para a importância do ato de ler.

A dinâmica da mobilização para o dia 1º de outubro é uma maratona de 12 horas de duração durante as quais alunos e professores, profissionais liberais e operários, donas de casa e policiais, religiosos e não crédulos leiam, mesmo que por alguns segundos, seja uma pequena poesia, a Bíblia ou um volumoso clássico da literatura, em sistema de revezamento. 

A população brasileira não tem o hábito da leitura, quando comparada com outros países. O brasileiro lê, na média, quatro livros por ano sendo que apenas 1,5 livro é lido por inteiro. O resultado é sentido no ranking internacional dos exames que avaliam desempenho dos alunos brasileiros, como o Pisa, onde o Brasil sempre ocupa as últimas colocações.

No último dia 9 de abril, a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri, cidade da Grande São Paulo, promoveu o "DIA de LER.TODO DIA!" e conseguiu que bombeiro lesse embaixo d´água e que policiais rodoviários promovessem uma blitz da leitura num dos pedágios da rodovia Castello Branco, uma das mais importantes estradas paulistas. 

Ao final da maratona de 12 horas (das 9h às 21h) foram computados mais de 93 mil participantes, incluídas crianças não alfabetizadas e que participaram de sessões de leitura.

A experiência foi tão bem-sucedida que se decidiu por uma edição nacional. Cidades de todo o país estão sendo convidadas por e-mail a participarem. A coordenação da mobilização afirma que não tem sido fácil conseguir uma forma de contato com os serviços municipais de educação e de cultura para que somem esforços pela leitura.

Não é preciso gastar absolutamente nada a não ser muita disposição para convidar a comunidade local para ler. Informações mais detalhadas como respostas a possíveis dúvidas, ficha cadastral e até vídeos-depoimento de diversas personalidades sobre a importância de ler estão no www.diadelertododia.comOutras formas de contato, pelo e-mail diadeler@barueri.sp.gov.br ou pelo telefone (11) 4199 1600.

Cidades participantesCampinas, Adamantina, Andradina, Araçatuba, Araras, Avaré, Bariri, Batatais, Borborema, Barueri, Caieiras, Campos Novos Paulista, Canitar, Capivari, Carapicuíba, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Cunha, Diadema, Dirce Reis,  Divinolândia, Dois Córregos, Dourado, Duartina, Echaporã, Elias Fausto, Embu das Artes, Ferraz de Vasconcelos, Franca, Getulina, Guararema, Holambra, Iepé, Itaí, Itanhaém, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Itatiba, Ituverava, Jaú, Lençóis Paulista, Lindóia, Martinópolis, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Monte Aprazível, Nova Castilho, Nova Luzitania, Nova Odessa, Paraibuna, Peruíbe, Piquete, Pirapora do B. Jesus, Pompéia, Pontal, Porangaba, Praia Grande, Pratânia, Presidente Prudente, Ribeirão Corrente, Ribeirão do Sul, Rubineia, Sales Oliveira, Santa Clara D’Oeste, Sta. Cruz da Esperança, Sta. Rosa de Viterbo, São Bento do Sapucaí, São Bernardo do Campo, São Carlos, São Francisco, S. Jose da Bela Vista, S. José do Rio Pardo, S. José do Rio Preto, São Manuel, São Roque, São Simão, Silveiras, Sumaré, Taiaçu, Tambaú, Tietê, Torre de Pedra e Três Fronteiras.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.