sexta-feira, 2 de outubro de 2015

.: O livro favorito de... Edson Junior, comediante

Por Helder Miranda
Em outubro de 2015

Muito dos nossos gostos, de nossas escolhas, dizem a respeito de nós mesmos. E revelar o livro favorito não deixa de ser uma superexposição. 

Dentro da campanha #MeuLivroFavorito, o Resenhando.com  publica, a cada sexta-feira, uma indicação diferente. O objetivo de incentivar a leitura dos internautas, a partir da divulgação de livros favoritos de pessoas famosas e anônimas. 

Esta semana, o comediante santista Edson Junior revela que o seu livro preferido é o romance "De Punho Cerrados" de Pedro Bandeira. 

"Eu leio muitos livros e cada um teve sua especialidade. Mas hoje posso dizer que um dos livros que mais gostei foi 'De Punhos Cerrados' de Pedro Bandeira. O livro trata de uma infância inocente, como as de antigamente, e um menino se descobre dentre um mundo totalmente novo e desafiador para ele. O cenário da história é uma cidade do interior e eu sou apaixonado pelo interior do Brasil. Além disso o livro remete a fase da infância...cuja qual adoro sentir a nostalgia desse tempo."

Sobre o livro "De Punhos Cerrados", de Pedro Bandeira
Em meio ao calor abrasador do cerrado goiano, as relações humanas estão prestes a pegar fogo na Fazenda do Encantado. Pelas peças que o destino prega, o jovem Eduardo se vê subitamente morando nessa fazenda. 

Tendo ficado órfão de pai e mãe de uma hora para outra, é obrigado a deixar a cidade grande e passar a viver no Encantado, cercado de cavalos xucros, do pó vermelho do cerrado e da violência da vida controlada pela abelha-rainha daquela colmeia infernal, sua avó Nhá Nana. Um mulher dura, uma tirana, para quem a vida dos outros nada valia, comparada às necessidades da fazenda. 

De punhos cerrados, Eduardo tem de sobrepor-se à violência dessa nova vida, tem de domar o demônio de pelo negro, o cavalo "Asa Negra", mas, sobretudo, impedir que a violência de Nhá Nana o domine... Na sua luta, ele não está sozinho - há a dedicação de um velho vaqueiro, o velho das gargalhadas, o velho que paira em sua volta como um anjo da guarda e... e há o amor de Ritinha, a garota que tem a pureza daquela terra, o sorriso ingênuo daquela região cheia de sol, e o cheiro agreste das flores do cerrado brasileiro.

Sobre o autor do livro, Pedro Bandeira 
Nascido em 9 de março de 1942, o santista Pedro Bandeira de Luna Filho é um escritor de livros infanto-juvenis. Recebeu vários prêmios, como o Prêmio APCA, da Associação Paulista de Críticos de Arte, e o Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, entre outros.

É o autor de literatura juvenil mais vendido no Brasil (23 milhões de exemplares até 2012) e, como especialista em letramento e técnicas especiais de leitura, profere conferências para professores em todo o país. É autor da série "Os Karas", de "O Fantástico Mistério de Feiurinha" e de "A Marca de Uma Lágrima", entre mais de 80 títulos publicados.

Ele se dedicou ao teatro amador, até se mudar para São Paulo em 1961 a fim de estudar Publicidade na Universidade de São Paulo (USP). Morando na capital, teve três filhos: Rodrigo, Marcelo e Maurício. E cinco netos: Melissa, Beatriz, Júlia, Érico e Michelle. Atualmente mora em São Roque.

Além de ser professor, trabalhou em teatro profissional até 1967 como ator, diretor, cenógrafo e com teatro de bonecos. Mas, desde 1962, Pedro já trabalhava também na área de jornalismo e publicidade, começando no jornal Última Hora, sucursal de São Paulo, e mais tarde na editora Abril, onde escreveu para diversas revistas e fascículos. Como freelancer, desde 1972 passou a escrever pequenas histórias para revistas de banca desta e de outras editoras.

Seu primeiro livro foi "O Dinossauro Que Fazia Au-Au", voltado para as crianças, que fez um grande sucesso. Mas foi com "A Droga da Obediência", voltado para adolescentes (que ele considera seu público alvo) que ele se consagrou, tendo já este título vendido 1,6 milhão de exemplares até 2012. Além deste, "O Fantástico Mistério de Feiurinha", que ganhou o Prêmio Jabuti de 1986, logo se tornou um clássico.A partir de 1983, Pedro Bandeira dedicou-se inteiramente à literatura. Chegou a vender mais de um milhão de livros em um único ano (1996).

Sobre Edson Junior
Nascido em Santos, litoral de São Paulo, logo cedo descobriu que estudar não era o seu forte, por isso se formou em publicidade em 2003. Garantia assim no mínimo uma cela especial caso fosse preso um dia. Mudou-se para São Paulo em 2007 afim de procurar qualidade de vida. Em 2008 fez seu primeiro Open Mic, viu que isso era bom disse: “Que eu me torne um comediante e faça rirem os seres vivos!”. 

E assim, se fez. Fez parte de vários grupos de humor e em 2010 produziu sua própria noite de humor na Baixada Santista. (Noite esta que esteve em cartaz até o final de 2012.) Em 2011, venceu um torneio de stand up realizado pelo "Risadaria", o maior festival de humor da América Latina, e hoje leva seu espetáculo aos teatros e casas de shows por todos país e já se apresentou em programas importantes da TV como "Programa do Jô", "Altas Horas", "Programa Raul Gil", "Tudo é Possível", "Agora é Tarde", "Olhos nos Olhos com Clara Monforte", no "Programa JB". 

Com um tipo de humor muito crítico, detalhista, descontraído e um tanto quanto verdadeiro demais para certas pessoas, Edson Junior fala de sua infância, seu ponto de vista racional sobre os relacionamentos e assuntos que o fazem perder o sono como costumes íntimos femininos, músicas de baixa qualidade e igrejas (Nenhuma em específico, e sim uma coisa mais generalizada, mais UNIVERSAL). Tudo isso com boas doses de imitações e efeitos sonoros deixando o espetáculo ainda mais arrebatador. O canal de comunicação dele é a página do Facebook: www.facebook.com/edsonjuniorcomediante.

***

#EdsonJunior está no #Resenhando.com para a série de depoimentos #MeuLivroFavorito. Qual é o seu? Para os internautas interessados em participar, basta curtir a fanpage do site – www.facebook.com/SiteResenhando - e enviar, por mensagem, a indicação do livro favorito, e os motivos da escolha.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.