sexta-feira, 9 de outubro de 2015

.: “Partido Alto”: Zeca Pagodinho em 30 anos de carreira

Box celebra os 20 anos do artista na gravadora reunindo 20 títulos, entre gravações do final dos anos 80 até o álbum comemorativo dos 30 anos de carreira. Incluindo a compilação inédita “Com Passo de MPB”, onde Zeca Pagodinho flerta com o tema.

O primeiro box com a obra de Zeca Pagodinho acaba de ser lançado, reunindo sua discografia na Universal Music e álbuns do início da carreira. De “Jeito Moleque”, de 1988, a “30 Anos - Vida que Segue”, de 2013, boa parte dessa trajetória é passada a limpo, sublinhando o talento dele em transformar o que grava em clássico instantâneo. 

Interpretando de músicas românticas a crônicas do cotidiano, Zeca Pagodinho apresenta três décadas de carreira que o firmaram como cantor carismático e compositor inspirado, além de ser conhecido, também, como um descobridor de talentos.

São, ao todo, 20 álbuns selecionados pelo próprio Zeca, entre eles três de sua gravadora antecessora, incluindo discos de carreira, projetos ao vivo, coletâneas especiais e o CD bônus “Com Passo de MPB”. Os títulos representam algumas das características mais marcantes do artista. A partir da estreia na Universal Music (antiga PolyGram), com o disco “Samba pras Moças”, de 1995, o som de Pagodinho recebeu uma roupagem mais sofisticada, mas sem deixar os personagens simples das ruas do Rio de Janeiro perderem suas características.

Zeca pode ter adotado o Pagodinho como sobrenome artístico, mas sua produção nunca deixou de ser MPB. Afinal, é música, é popular, é brasileira. Na seleção feita pelo jornalista Cleodon Coelho para esse disco-bônus, “Com Passo de MPB”, Zeca interpreta músicas de João Bosco a Roberto e Erasmo, de Dorival Caymmi a Braguinha, e mostra duetos com nomes que vão de Hebe Camargo a Elba Ramalho, passando pela madrinha Beth Carvalho. No repertório, canções como “Rita” (Chico Buarque), “Mulher Faladeira” (Hermínio Bello de Carvalho, Maurício Carrilho e Maurício Tapajós), “Vou Ver Juliana” (Dorival Caymmi), “Nem Todos São Amigos/Dona Carola” (Nelson Cavaquinho), entre outras.

Títulos do box "Partido Alto", de Zeca Pagodinho 
1.    "Jeito Moleque" (1988 – BMG/Sony Music)
2.     "Boêmio Feliz" (1989 – BMG/Sony Music)
3.     "Mania da Gente" (1990 – BMG/Sony Music)
4.     "Samba pras Moças" (1995 – Universal Music)
5.     "Deixa Clarear" (1996 – Universal Music)
6.     "Hoje é Dia de Festa" (1997 – Universal Music)
7.     "Zeca Pagodinho" (1998 – Universal Music)
8.     "Zeca Pagodinho Ao Vivo" (1999 – Universal Music)
9.     "Juras de Amor" (compilação romântica anos 90 - Universal Music)
10.   "Água da Minha Sede" (2000 – Universal Music)
11.   "Deixa a Vida me Levar" (2002 – Universal Music)
12.   "Zeca Pagodinho – Acústico" (2003 – Universal Music)
13.   "À Vera" (2005 – Universal Music)
14.   "Acústico Zeca Pagodinho ll – Gafieira" (2006 – Universal Music)
15.   "Uma Prova de Amor" (2008 – Universal Music)
16.   "Especial Zeca Pagodinho – Uma Prova de Amor ao Vivo" (2009 – Universal Music)
17.   "Vida da Minha Vida"  (2010 – Universal Music)
18.   "Zeca Pagodinho Ao Vivo Com os Amigos" (compilação duetos – Universal Music)
19.   "Multishow Ao Vivo 30 Anos – Vida que Segue" (2013 – Universal Music)
20.   "Com Passo de MPB" – (compilação inédita – Universal Music)
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.