sexta-feira, 9 de outubro de 2015

.: Portais da internet tem preferência do paulistano na busca por notícias

Pesquisa realizada pela FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo) aponta que 34% dos moradores de São Paulo utilizam sites para se informar sobre a cidade


Na véspera do Dia Nacional da Leitura, estudo aponta que a maioria dos moradores da cidade de São Paulo preferem os grandes portais da internet como fonte de informação sobre a cidade. É o que aponta pesquisa realizada pela FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo) realizada em junho deste ano. Os dados indicam que 34% da população utilizam os sites como fonte para se informar sobre o município.

Os portais da web são seguidos pelas redes sociais, que angariam 26% da preferência do público. Os telejornais, veículos que tradicionalmente ocupavam o primeiro posto, agora ficaram em terceiro lugar, com 25%. Os jornais impressos colecionam 10% da preferência, enquanto o rádio 4%. Apenas 1% dos entrevistados não soube responder.

A pesquisa realizada pela FESPSP aborda também a relação do paulistano com os livros. 39% dos paulistanos tem preferência de ler obras de não-ficção, enquanto títulos ficcionais tem o favoritismo de 35% da população. Os livros de autoajuda e religiosos ocupam o terceiro lugar, com 25% e os infantojuvenil são a opção para 1% dos entrevistados.

DIA NACIONAL DA LEITURA: O Brasil comemora oficialmente o Dia Nacional da Leitura todo 12 de outubro. De autoria do senador Cristovam Buarque, a Lei 11.899/09 também legisla sobre a Semana Nacional da Leitura e da Literatura, que acontece todos os anos junto com a data.

A data, não coincidentemente a mesma do Dia das Crianças, passou a fazer parte de um calendário nacional com outras quatro que tem como objetivo impulsionar a leitura no país - o Dia Mundial do Livro (23 de abril), o Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil (2 de abril), o Dia da Leitura (12 de outubro), o Dia Nacional do Livro Infantil (18 de abril) e o Dia Nacional do Livro (29 de outubro).

Visite nosso portal: www.fespsp.org.br

SOBRE A FESPSP
FESPSP: 82 anos de Reconhecimento
A Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) foi criada em 27 de abril de 1933, por iniciativa de pouco mais de uma centena de figuras eminentes da sociedade paulistana.

Orientada desde o início para o estudo da realidade brasileira e para a formação de quadros técnicos e dirigentes capazes de atuar no processo de modernização da sociedade, a FESPSP mantém o cursos de Sociologia e Política, de Biblioteconomia e Ciência da Informação, de Administração e cursos de Pós-Graduação em áreas de Ciências Sociais e afins.

O seu corpo de pesquisadores e docentes se dedica ao ensino e à pesquisa acadêmica e aplicada, reunindo à atividade de produção do conhecimento a capacidade de intervenção, gestão e planejamento, que tem sido a marca de atuação da instituição nos projetos desenvolvidos para os setores público e privado ao longo dos anos.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.