sexta-feira, 16 de outubro de 2015

.: Repórter Eco antecipa que Brasil terá serviço de previsão de raios

O programa do próximo domingo, dia 18 de outubro, também traz dicas de alimentação saudável com o médico Alberto Peribãnez Gonzales e reportagem de moda feita com fios naturais. Vai ao ar às 17h30, na TV Cultura


Com o título de país campeão mundial em queda de raios, um grupo de pesquisadores do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) dedicou cinco anos de trabalho para desenvolver um serviço de previsão dessas ocorrências no território brasileiro. A matéria está na próxima edição do Repórter Eco, que também traz uma entrevista com o médico Alberto Peribânez Gonzales, autor do livro Lugar de Médico é na Cozinha, e mais um projeto de moda da estilista Mayumi Ito, que apoia o trabalho artesanal das mulheres de Muzambinho, em Minas Gerais.

Cerca de 50 milhões de descargas elétricas ao ano atingem o Brasil, causando uma média de 100 mortes e 500 feridos. O pesquisador do Inpe, Osmar Pinto Júnior, coordenou o grupo de trabalho para criar um  modelo meteorológico para previsão de raios. O serviço deve estar disponível a partir de janeiro de 2016. “A ideia é ter um serviço de previsão de raios tão simples quanto o de previsão do tempo. O cidadão vai poder enxergar no mapa as regiões onde provavelmente vão ocorrer raios no dia seguinte, de fácil visualização... vai ter uma precisão de 10 quilômetros. Não vamos dizer onde o raio cai exatamente, mas vamos dizer uma região que tem uma dimensão de 10 quilômetros onde podem ocorrer raios”, diz Osmar. A ideia principal é evitar a morte de pessoas. E a margem de acerto é de 85%.

Em outra reportagem, o médico Alberto Peribânez Gonzales diz que uma alimentação natural ajuda a prevenir e até mesmo a curar algumas doenças crônicas. Ele afirma que consumir mais vegetais frescos, orgânicos e diversos é o melhor remédio para manter a saúde. Destaca a importância de se aumentar o consumo de folhas verdes, que têm clorofila e magnésio, e completa a receita com dois ingredientes preciosos: amor e humor.

Tons e formas delicadas predominam nas roupas feitas de forma manual: a preparação dos fios, tingimento, tecelagem, corte, bordados, adornos em crochê ou tecidos. Esse estilo natural vem das habilidades das artesãs de Muzambinho (MG). A estilista Mayumi Ito, arquiteta de formação, coordena o trabalho de produção das peças. Esse projeto que ela conseguiu colocar em prática ao voltar de uma viagem ao Japão é mais um destaque de Repórter Eco.

O programa da TV Cultura vai ao ar no domingo, dia 18 de outubro, às 17h30, com apresentação de Márcia Bongiovanni.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.