quarta-feira, 25 de novembro de 2015

.: Resenha de “Bem Casados”, com Camila Morgado e Alexandre Borges

Por Helder Miranda
Em novembro de 2015


Pode conter spoillers, portanto, se você quer assistir o filme e não assistir nada dele, volte depois para debater comigo. Eu gostei e não gostei ao mesmo tempo e você saberá o porquê se acompanhar todo o texto. 

“Bem Casados” não é exatamente o filme da vida de ninguém, mas é uma comédia bem agradável e até certo ponto açucarada que satisfaz a maioria dos espectadores. Surpreendeu, na saída do Cine Roxy 5, em Santos, que promoveu uma avant-première com a presença do ator Alexandre Borges, o protagonista do filme, os comentários de que finalmente o cinema nacional não é apenas sexo ou violência. De fato, um avanço e tanto, porque estamos cansados dessa imagem de mazela que passamos no exterior, enquanto os filmes enlatados chegam mostrando as mil maravilhas de outros países quando sabemos que não é bem assim.

Camila Morgado, na pele de uma mulher irreverente capaz de fazer as maiores baixarias por qualquer motivo – ela começa amante de um noivo à beira do altar e termina como uma romântica cheia de problemas a serem resolvidos – está impagável e diferente de tudo o que já fez. 

O filme repete o par romântico de uma novela de sucesso – Camila Morgado foi uma das mulheres de Cadinho, interpretado por Alexandre Borges, em “Avenida Brasil” – e aposta em uma fórmula que não tem erro. Coloque uma atriz respeitada  – a mesma que interpretou Olga Benário nos cinemas na década passada –em um papel para lá de irreverente e em ações que o público jamais imaginaria vê-la fazer: risada na certa!

Loira, com os cabelos encaracolados e aqueles “olhões” azuis, Camila Morgado está no auge da beleza e apronta todas no filme que, por sinal, é dela. Alexandre Borges também agrada fazendo o solteirão inveterado que, no fundo, é um romântico. 

Há alguns furos no filme que não passam de licença poética, como o casamento da filha de um senador não ter uma segurança adequada e também não ter contratado uma equipe mais gabaritada para fotografar e filmar o matrimônio. Além disso, há o nítido patrocínio de uma famosa marca de máquinas fotográficas e filmadoras e de uma loja de departamentos, mas isso não tira o brilho do longa-metragem.


O trailer vende outra ideia do que realmente é essa comédia. Quem entra na sala de cinema pensando que o filme é sobre a amante que quer dar uma de Julia Roberts no filme “O Casamento do Meu Melhor Amigo” e apronta todas no casamento do amado até se decidir pelo cara que está ao lado, mas ela não enxerga até milagrosamente reparar nele, pode sair decepcionado. 

O filme não se passa apenas em um casamento, mas em vários, para contar a história de amor – previsível – do casal de protagonistas. O problema é que do meio para o final as risadas cessam, e a “Malévola” despudorada de Camila Morgado vai se tornando uma heroína romântica, enquanto o romântico inveterado se torna um homem piegas demais, e você acaba não torcendo tanto quanto deveria para um final feliz porque, aparentemente, ele é garantido. Tudo bem, é comédia romântica e o próprio cartaz do filme denuncia que ambos irão se envolver. Quem vai atrás de “Bem Casados” está em busca de leveza e isso o filme tem de sobra.

Bianca Comparato e Christine Fernandes, como sempre, estão corretas em seus papéis. Leticia Lima, cria do canal “Porta dos Fundos” no YouTube e ainda mais conhecida por fazer uma funkeira na novela “A Regra do Jogo” também não faz feio. Arrancou várias gargalhadas da plateia – Camila Morgado é uma “palhaça” no bom sentido, no caso de alguém ver isso como algo negativo. Ela surpreende, é intensa e se expõe mais do que nos dramas em que o público está habituado a ver o seu lindo rosto anguloso. Mas a melhor qualidade é fazer rir, que bom, porque o espectador brasileiro, diante de tantas tragédias, está carente disso.  


Trailer do filme




Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

  1. Concordo!
    Só acho que Rosi Campos poderia ser melhor aproveitada.
    Abraços!

    Cássio

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.