sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

.: Bette Midler mantém o alto astral em "It´s The Girls"

Por Luiz Gomes Otero
Em dezembro de 2015

Este mês a atriz e cantora Bette Midler completou 70 anos. E seu lançamento mais recente na música foi o álbum "It´s The Girls", uma singela e bonita homenagem aos grupos vocais femininos que fizeram sucesso nos anos 50 e 60 e serviram de base para sua formação musical.


Bette Midler é uma interprete por natureza. Conta com alguns discos temáticos, produzidos  homenageando várias de suas influências, como Rosemary Clooney e Peggy Lee, entre outras referências. Mas faltava prestar tributo àqueles grupos pop que tocavam nas rádios nos anos 60, como The Shirelles, The Andrews Sisters, The Ronettes, The Supremes e The Marvelletes. Todos esses grupos fizeram a cabeça da jovem Bette e de muitos jovens nos anos 60.


No repertório de "It´s The Girls" estão  clássicos como "Be My Baby", "Tell Him", "One Fine Day", "Mr. Sandman" e "You Can´t Hurry Love", todas cantadas com os arranjos originais e maestria por Bette. Há outros momentos em que o arranjo é alterado, como em "Will You Still Love Me Tomorrow", que ganhou uma versão bem mais lenta e nem por isso menos bonita. Em suma: o disco inteiro é coeso e bem produzido.


Como intérprete, Bette continua perfeita. É uma showwoman, no exato sentido da palavra. Ouvindo o disco, você consegue imaginá-la cantando com aquelas coreografias bregas, cheias de tiradas humorísticas, bem ao seu estilo. E que ela continue assim por muito tempo, mantendo o bom humor e o alto astral em dia.




"One Fine Day"


"Be My Baby"


"Tell Him" 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.