quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

.: Exposição "O Mundo de Tim Burton" em São Paulo em fevereiro

Mostra traz itens raros como desenhos, pinturas, fotografias, storyboards, instalações esculturais e bonecos que fizeram parte da filmografia do cineasta, além de trabalhos não realizados. O MIS será a primeira instituição da América Latina a receber a exposição. 

Entre fevereiro e maio de 2016, o MIS – instituição da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo – será ocupado por uma das exposições mais aguardadas: "O Mundo de Tim Burton". A exposição explora toda a gama do trabalho criativo de Tim Burton e apresenta desde desenhos da infância até sua carreira consolidada como diretor. A exposição "O Mundo de Tim Burton" foi organizada pelo Museu da Imagem e do Som e pela curadora independente Jenny He, em colaboração com a Tim Burton Productions.

A retrospectiva de trabalhos de Tim Burton foi originalmente montada pelo MoMA em 2009 e depois viajou para as cidades de Melbourne, Toronto, Los Angeles, Paris e Seul. Após estas paradas "O Mundo de Tim Burton" se aprofundou na temática de Burton, seus assuntos e sua perspectiva criativa única, apresentando mais de 150 novas obras não vistas na exposição anterior. Depois de paradas em Praga, Tóquio, Osaka e Brühl, Alemanha, onde está em exibição no Museu Max Ernst, até janeiro de 2016, o MIS será a primeira instituição da América Latina a sediar esta exposição.

"A exposição 'O Mundo de Tim Burton' foi apresentada em quatro continentes ao longo dos últimos seis anos", observa a curadora da exposição, Jenny He. "E, para sua estreia na América Latina, Tim Burton, sua equipe e eu estamos muito felizes em colaborar com uma instituição que personifica a arte contemporânea e a cultura cinematográfica em São Paulo com a sua história recente de exposições célebres e uma base fiel de visitantes”.

A mostra reúne cerca de 500 itens incluindo obras de arte e esboços raramente ou nunca vistos, pinturas, storyboards e bonecos de sua vasta filmografia, que inclui "Edward Mãos de Tesoura", "O Estranho Mundo de Jack", "Batman", "Marte Ataca!", "Ed Wood", "Os Fantasmas se Divertem", entre outros, e de projetos não realizados e pouco conhecidos que revelam seu talento como artista, ilustrador, fotógrafo e escritor.

Entre os itens estão storyboards do filme feito para a televisão "João e Maria"; seus primeiros curtas, realizados no início da década de 1970 e nunca lançados; desenhos feitos por Tim Burton em guardanapos e emoldurados em dois frames com 45 desenhos cada; esboços de Edward, personagem de Johnny Depp em "Edwards Mãos de Tesoura", e bonecos dos personagens Victor, Edgar e Elsa Van Helsing da animação "Frankenweenie". Os visitantes ainda encontram cast & crew books - material anteriormente disponível apenas para as pessoas que trabalharam em filmes de Burton - onde podem conferir, de forma interativa, os bastidores de alguns de seus filmes: "Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas", "Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet", "A Fantástica Fábrica de Chocolate", "Sombras da Noite" e "Frankenweenie".

Os visitantes do MIS podem esperar muitas surpresas. Entre as novidades estão a expografia especial, criada pela equipe do museu em parceria com a Caselúdico, e uma nova divisão das seções originalmente criadas. “Diferentemente das mostras já apresentadas, propusemos à equipe de Tim Burton um novo conceito em que os visitantes literalmente entrarão pelo mundo do cineasta; assim, criamos uma nova divisão na disposição dos objetos. No MIS, agrupamos os itens em salas temáticas: elas estão divididas por sentimentos como horror, humor, felicidade e melancolia, elementos presentes na obra de Tim Burton”, explica André Sturm, diretor executivo e curador geral do MIS. “As exposições do MIS são sempre diferentes das que foram feitas em outros lugares do mundo; nossa intenção é proporcionar uma vivência nova e imersiva”, complementa. 

"O Mundo de Tim Burton" conta ainda com uma sala inédita que revela quais foram as inspirações que influenciaram o cineasta em seu trabalho. O espaço foi montado a partir de uma lista feita por Tim Burton. Entre os itens estão pôsteres promocionais dos filmes "King Kong" (1976) e "Frankenstein" (1931), uma cópia do quadro "A Noite Estrelada", de Vincent van Gogh, e uma foto de Edgar Allan Poe. A mostra traz ainda uma sala dedicada a projetos não realizados, e outra, à sua filmografia. A exposição "O Mundo de Tim Burton" é apresentada pela Cielo, com patrocínio da Multiplus; Deutsche Bank; Outback Steakhouse, Forever 21 e apoio do TozziniFreire Advogados, Chandon, Movida, Petz e Sky.

Sobre Tim Burton
Timothy Walter Burton nasceu em 25 de agosto de 1958, em Burbank, sul da Califórnia (EUA). Quando adolescente, entediado com a vida nos subúrbios, Burton se divertia pintando, desenhando e fazendo curtas. Em 1976, iniciou seus estudos no California Institute of the Arts e, alguns anos depois, em 1979, entrou para a The Walt Disney Company, onde conseguiu um emprego como estagiário de animação. 

A carreira cinematográfica de Burton começou em 1985 na Warner Bros., com "As Grandes Aventuras de Pee-wee", "Os Fantasmas se Divertem" (1988) e "Batman" (1989), e sua reputação como um autor com um estilo visual único foi alcançada mundialmente com os sucessos de crítica e de bilheteria de "Edward Mãos de Tesoura" (1990) e "O Estranho Mundo de Jack" (1993). 

Em seus 18 longas, Burton explorou os mais variados e díspares gêneros, como biografia ("Ed Wood", 1994), ficção científica ("Marte Ataca!", 1996), horror ("A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça", 1999), fantasia ("Peixe Grande", 2003), animação em stop motion "A Noiva Cadáver", 2005), literatura infantil ("A Fantástica Fábrica de Chocolate", 2005) e musical ("Sweeney Todd", 2007). Seu filme mais recente, "Miss Peregrine's Home for Peculiars", será lançado em 2016.

Além do cinema, Burton realizou trabalhos para a televisão, comerciais, lançou livros e também empreendeu na internet. Para a televisão, fez "Aladim e a Lâmpada Maravilhosa" (1984) e "Alfred Hitchcock Presents: The Jar" (1986), comerciais para a Hollywood Gum e Timex; na internet, criou a web série "The World of Stainboy" (2000) e, no campo musical, dirigiu os videoclipes de "Bones" (2006) e "Here With Me" (2012), da banda The Killers. Em 1997, publicou o livro de poemas ilustrado "O Triste Fim do Pequeno Menino Ostra e Outras Histórias" e, em 2003, a editora norte-americana Dark Horse Comics apresentou os bonecos colecionáveis "Tragic Toys for Girls and Boys". Embora seja conhecido, sobretudo, como cineasta, uma ampla gama de atividades criativas de Burton são expressas através de muitos trabalhos menores. 

Cursos MIS
Em paralelo à exposição, o MIS oferece cinco cursos sobre o cineasta. No primeiro deles, em fevereiro, o jornalista e professor Sérgio Rizzo ministra "O Cinema de Tim Burton". O curso examina a carreira de Tim Burton no cinema, desde seus primeiros curtas-metragens e a estreia como realizador de longas, até superproduções recentes, como "A Fantástica Fábrica de Chocolate" (2005) e "Alice no País das Maravilhas" (2010). 

Já a jornalista e pesquisadora Cláudia Fusco apresenta "As Facetas Mágicas de Tim Burton", que explora a diversidade do trabalho de Burton, suas inspirações, a importância dos medos, a criação de um estilo sombrio e divertido, e a unidade nas histórias que conta. 

Em março, a autora e ilustradora de livros infantis e juvenis Janaina Tokitaka leciona "O Universo Visual de Tim Burton: Raízes e Influências", que aborda o universo fantástico, romântico e insólito de Tim Burton enquanto criador visual. Também baseado na obra do cineasta, Lígia Borba e Fábio Yamaji ministram a oficina de animação stop motion. Em abril, Tony Berchmans apresenta três encontros sobre "O Mundo Musical de Tim Burton - Um Panorama da Música dos Filmes do Cineasta". 

Serviço
"O Mundo de Tim Burton"
Data:
4 de fevereiro a 15 de maio de 2016 

Horário de visitação: 11h às 20h (terça a sexta-feira); 9h às 21h (sábados); e 11h às 19h (domingos e feriados) 
Local: Espaço Expositivo 1º andar, Espaço Expositivo 2º andar e Espaço Redondo 
Ingressos: domingos R$12 (inteira) e R$ 6 (meia) na bilheteria do MIS. Terça-feira, entrada gratuita com retirada de senha na Bilheteria do MIS. Os ingressos para os dias 4, 5, 6, 8, 24, 25 e 26 de fevereiro; 2, 3, 4, 5, 9, 10, 12, 16, 17, 19, 23, 24, 26, 30 e 31 de março estão esgotados. 
Classificação etária: livre

Museu da Imagem e do Som – MIS
Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 12 | Valet: R$ 18 [Conveniado]
Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.