quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

.: Sandamí lança tour “De Tudo Pra Todos” após saída do grupo Sambô

O nome já diz:"De Tudo" o que o artista já cantou, já tocou. "Pra Todos" os estilos, idades e gosto musical, indo além do trabalho frente ao grupo, ampliando a mistura rítmica, o potencial artístico e a abrangência da sonoridade, dos ritmos, samba, rock, baião, reggae, música brasileira e word music

O repertório é composto de sucessos que marcaram sua carreira, novas releituras e canções autorais inéditas.

E o show é visceral e reúne todas as tribos em torno da música, dos malabares com o pandeiro e da alegria dessa nova fase de Sandamí, que brinca com a voz, com o pandeiro, com o cenário e com a plateia que se torna extensão do palco e foco principal dessa festa.




Sobre o cantor
O nome é novidade, uma homenagem a avó - o "San" da "Mi" - Sandamí, mas a figura já é bem conhecida pela plateia, dono de uma extensão vocal sem limites e agudos de rock´n´roll que ganham suingue com o inseparável pandeiro, Sandamí lançou carreira solo após 11 anos à frente ao grupo Sambô e já prepara o primeiro DVD e, com ele, a turnê.

Reconhecido como um crossouver entre o rock e o samba, o artista mostra que vai além com suas releituras e agora, também, com as canções autorais. As apresentações são viscerais e unem no palco músicos de diferentes escolas para atingir a sonoridade e alegria que são a marca desse novo trabalho “De Tudo Pra Todos”, que não deixa de lado os sucessos do artista, mas ganha bagagem musical e pitadas de novos temperos.

“Sandamí De Tudo Pra Todos” aflora o intérprete, o compositor, o percussionista, o malabarista com pandeiro, o artista interativo que anda nos ombros do público e que convida a plateia a entrar em uma divertida viagem sonora.


Aos dois anos de idade, Sandamí já dava as primeiras batidas no pandeiro e desfilava com os pais em escolas de samba. Aos nove, ganhou o primeiro cachê fazendo malabarismo com pandeiro acompanhado de nove mulatas. Aos 15, ele se apresentava em bailes no interior de São Paulo. 

Com o grupo Sambô, esteve em todos os Estados do Brasil e, em 2015, fez uma turnê internacional nos Estados Unidos. Em 2013, gravou a música “Toda Forma de Amor” que foi tema da novela "Sangue Bom", na Rede Globo, e “Flores”, que também fez parte da trilha da mesma novela. Participou de programas de TV como, "Domingão do Faustão", "Altas Horas", "Esquenta", "Encontro com Fátima Bernardes", "Mais Você", "Malhação", "TV Xuxa", "Som Brasil" (Globo), "Agora é Tarde" (Band), "Programa do Ratinho" e "Raul Gil" (SBT), "Ritmo Brasil" (Rede TV), "Bastidores do Multishow" (Multishow), "Todo Seu" e "Mulheres" (Gazeta), "Senhor Brasil" e "Ensaio" (TV Cultura); programas de rádio como "Pânico", "Jovem Pan Ao Vivo do Salão do Automóvel" (Jovem Pan), "Transalouca" (Transamérica), "Transcontinental" e na web: Estúdio UOL, Canja do Ig, FM O Dia ao vivo, (RJ), Estúdio Terra, Showlivre, etc.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.