terça-feira, 8 de março de 2016

.: "Amantes: Uma História da Outra", relacionamentos controversos e elas

Ao analisar a trajetória de mulheres que se dedicaram a relacionamentos amorosos controversos, construídos à margem das normas sociais, pesquisadora se propõe a repensar a natureza do casamento em diferentes épocas e culturas.

Em "Amantes: Uma História da Outra", obra que chega ao Brasil pela editora Record, com tradução de  Clóvis Marques, a pesquisadora canadense Elizabeth Abbott analisa a trajetória de mulheres que, em nome de paixões polêmicas, desafiaram as instituições sociais da época em que viveram. A partir das histórias dessas personagens de diferentes classes, castas e cores, a autora se propõe a repensar a ideia de casamento e a natureza das relações entre os dois gêneros ao longo dos tempos.

Abbott abre sua obra com um estudo sobre o amor extraconjugal na Antiguidade. Fala em seguida sobre temas como o concubinato no Oriente, os arranjos matrimoniais na corte e na aristocracia, a criação da doutrina do celibato clerical e a revolução sexual dos anos 1960, entre outros. Dedica ainda um capítulo inteiro ao papel das amantes na literatura.

“Agrupando essas mulheres em categorias que refletem diferentes culturas e períodos históricos, eu poderia apresentar suas circunstâncias pessoais intransferíveis e ao mesmo tempo tirar conclusões sobre a maneira como essas sociedades encaravam as amantes e como homens e mulheres conviviam”, diz a autora na introdução.

Entre as personagens apresentadas por Abbott, às vezes em detalhes bem íntimos, estão, por exemplo, a inglesa Camilla Shand Parker-Bowles, hoje esposa do Príncipe Charles; a alemã Eva Braun, amante de Hitler; a famosa cantora lírica norte-americana Maria Callas, que teve um romance avassalador com Aristóteles Onassis; e a francesa Simone de Beauvoir, que, apesar da devoção ao escritor Jean-Paul Sartre, aceitou ter com ele um relacionamento aberto. Jane Eyre, Emma Bovary e Anna Karenina são algumas das personagens fictícias também analisadas em "Amantes". O livro tem 672 páginas.


Sobre a autoraElizabeth Abbott é pesquisadora associada da Universidade de Toronto. Doutora em história do século XIX, trabalhou durante mais de uma década como jornalista e escritora especializada em história social e meio ambiente. Foi editora-chefe da revista "Chronicle of Canada" e autora de "Sugar: A Bittersweet History", "Haiti: The Duvaliers and Their Legacy" e "A History of Celibacy". Para saber mais: www.elizabethabbott.ca.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.