segunda-feira, 28 de março de 2016

.: Persona Em Foco: Rosamaria Murtinho fala sobre sucesso

O programa traz depoimentos de Alexandre Borges, Bárbara Bruno, Lauro César Muniz, Miriam Mehler e Mauro Mendonça. Vai ao ar nesta terça-feira (29/3), às 23h30, na TV Cultura


A atriz Rosamaria Murtinho é a convidada da próxima edição do Persona em Foco, programa da TV Cultura que será exibido nesta terça-feira, dia 29 de março, às 23h30. A apresentação é de Atílio Bari.

Com 55 anos dedicados à arte de representar, Rosamaria contabiliza cerca de 92 trabalhos realizados. Para entrevistar a atriz, os convidados são o ator Flávio Guarnieri e o jornalista, escritor, diretor e produtor teatral James Akel. 

Nascida em Belém, Pará, a artista conta que descende de uma tradicional família paraense – seu avô era seringueiro. Com sua vinda para o Rio de Janeiro, ela se considera uma paraense carioca.

A atriz relembra quando começou a atuar. Seu irmão Carlos Murtinho fazia teatro amador com o jornalista Paulo Francis e ela acompanhava os ensaios do grupo. Um dia, uma atriz adoeceu e Francis a convidou para substitui-la na peça Caso do Chapéu, de Francisco Pereira da Silva.

Em 1956, Rosamaria recebeu o convite para trabalhar na companhia de teatro de Sandro Polloni e Maria Della Costa. Ela conta que viajou com eles para Portugal com os espetáculos Rosa Tatuada, Moral em Concordata e O Canto da Cotovia, e que sua mãe também foi para acompanhá-la.

Sua estreia no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) se deu no espetáculo Rua São Luiz, 27, 8º Andar, ao lado de Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg, Elizabeth Henreid, Raul Cortez, Sérgio Britto, Mauro Mendonça, Fernando Torres e Ítalo Rossi. A atriz lembra: “Quando cheguei ao TBC, entrei pela plateia e fui apresentada a Raul Cortez, que muito tempo depois me disse que tinha certeza que Mauro Mendonça ia me namorar”.

Ela conta como migrou do teatro para a televisão, onde atuou em 53 novelas em diversas emissoras, e lembra: “Eu e o Mauro fomos os primeiros contratados pelo Boni, na Excelsior”. Diz que foi na tela que ela se se consagrou um sucesso, mas que não percebeu esse fato. “Eu fazia a empregada doméstica Maria Aparecida, na novela  A moça que veio de longe, de Ivani Ribeiro. Um dia, fui ao supermercado e ouvi um zum-zum dizendo ‘a Maria Aparecida está ai’.  Tive que sair escoltada”.

Murtinho ainda relembra com carinho do ator Sérgio Cardoso, com quem viveu diversos pares românticos. “Eu fui a atriz que mais trabalho fez com Sérgio. Ele era um gentleman. Quando chegava ao estúdio, a primeira coisa que fazia era beijar minha mão. A morte dele foi muito triste. Estávamos fazendo O Primeiro Amor, de Walter Negrão”.

Perguntada sobre a importância de existir uma  química entre os atores que fazem pares românticos, ela fala. “É importante ter essa química. Eu tinha muito com o Sergio”. 

Apesar de ter uma carreira pautada pelo sucesso, que lhe firmou como protagonista em inúmeras novelas na TV Globo, Rosamaria conta que não se  importou em fazer coadjuvante na emissora. “Não senti essa transição,  porque é tanto sucesso quando a gente está na Globo. Você pode fazer o menor papel que é um sucesso. Na verdade, você ganha bem e faz sucesso. De que eu ia reclamar?”.

A artista se emociona ao ouvir o depoimento da atriz Bárbara Paz. As duas interpretaram mãe e filha em Amor à Vida, em 2013, na TV Globo. “A Bárbara Paz é um ser humano encantador. É uma atriz com muito talento. A gente sempre se tratou como mãe e filha. Eu nunca tive filha. Tive três meninos”.

O programa traz ainda outras declarações de amigos e profissionais que trabalharam com ela, como Alexandre Borges, Adelaide Amaral, Bárbara Bruno, Lauro César Muniz, Álvaro de Moya, Miriam Mehler e Mauro Mendonça.

O Persona Em Foco tem roteiro de Analy Alvarez, coordenadora de dramaturgia da TV Cultura.

Sobre o Persona em Foco: O programa Persona em Foco  resgata a história de atores, diretores e autores que solidificaram os pilares das artes cênicas do Brasil. Por meio de entrevistas, a produção ainda traça um panorama do teatro e da televisão no País. Na atração, os artistas narram suas trajetórias e fazem revelações inéditas de momentos emocionantes ou cômicos. O Persona em Foco ainda é enriquecido por vídeos históricos, fotos e material de arquivos pessoais dos biografados. Há também depoimentos de amigos e colegas de trabalho.

“A série constitui um panorama completo e precioso de uma época e de um modo de fazer teatral que foi a mola propulsora de tudo que veio depois, e que está praticamente extinto de nossos palcos. Mas, acima de tudo, é um exercício de amor à arte e à cultura, e em especial ao teatro. Persona em Foco  não é um programa de perguntas e respostas. Não é um talk show simplesmente, mas um programa de emoções e memórias que contam a história do teatro”, explica a coordenadora de dramaturgia da TV Cultura, Analy Alvarez.

Persona em Foco também conta com a série In Memoriam, que irá rever a história de Ícones que dedicaram a vida ao teatro.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.