quinta-feira, 31 de março de 2016

.: "Terra em Transe", de Glauber Rocha, em temporada popular

Considerado o mais importante e polêmico filme de Glauber Rocha, "Terra em Transe", de 1967, segue para a terceira temporada paulistana, a partir de 1º de abril, no Teatro Maria Della Costa, dando continuidade a temporada de três semanas na Funarte. No Teatro Maria Della Costa, a  temporada popular (ingressos R$10) será de dois meses, até 4 de junho, em virtude da conquista do Prêmio Zé Renato.  

A versão criada livremente pela Cia Bará estabelece conexão com a atualidade em uma linha condutora que pretende explorar a complexidade política, filosófica e artística do autor, priorizando imagens e musicalidades; marcas profundas e decisivas da obra de Glauber Rocha que contribuíram para a consolidação do Cinema Novo no Brasil.

“Terra em Transe acompanhou mudanças, avanços e retrocessos políticos econômicos e sociais ao longo da história, sempre dialogando a necessidade das conjunturas do país às necessidades de rupturas e ao significado do ‘poder’, alimentado pelas vozes de suas respectivas multidões. Nessa peça vamos viver as inconstantes formas de poder político em torno de uma terra chamada El Dourado -- sufocada pelo obscurantismo e pelo conservadorismo, buscando a possibilidade de fôlego através de um governo popular em tempos de ares não muito promissores”, diz Diego Gonzalez, diretor e responsável pela dramaturgia da peça.

“Para transpor o filme para o teatro, corporificando-o e ritualizando-o, imergimos num trabalho de pesquisa que durou um ano, no qual procuramos evidenciar a importância de ‘Terra em Transe’ ao contribuir para a formação ideológica de toda uma geração nas décadas de 1960 e 1970. Uma compreensão mais ampla e clara dos conflitos que permeiam a história do Brasil e da América Latina”, completa Gonzales.

A peça estreou na Sede Luz do Faroeste e permaneceu em cartaz entre agosto e setembro, de 2015.                                                                      


Sinopse da peça
Em um país fictício dos trópicos, o poeta Paulo Martins, artista revolucionário com ideais anarquistas, luta por melhorias para o seu povo. 

O poeta vive a tragédia da decisão quando se percebe imerso na disputa de poderes entre o político populista Felipe Vieira e o seu antigo amigo, o senador fascista Don Porfírio Diaz, que com o apoio de empresas estrangeiras pretende aplicar um golpe de estado e submeter à nação a uma ditadura moralista.

O poeta precisa decidir entre manter a fidelidade àquele que foi seu amigo ou conspirar para derrubá-lo. Dividido entre seus deveres e compromissos e o amor que sente por Sara, professora idealista e ativista, ele deverá fazer escolhas que podem decidir o futuro de El Dourado frente às forças que disputam pelo poder.

"Terra em Transe", adaptação da obra de Glauber Rocha, pela Cia Bará
Teatro Maria Della Costa (Prêmio Zé Renato)
De 1º de abril a 4 de junho
Sextas, às 21H. Sábados, às 19h.
Endereço: Rua Paim, 72 - Bela Vista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3256-9115
Capacidade: 367 lugares
Bilheteria: Quinta das 14h às 19h | Sexta das 14h às 21h30 | Sábado das 14h às 22h30 | Domingo das 14h às 20h
Forma de Pagamento: Dinheiro, cheque, cartão de débito ou crédito
Duração: 100 minutos
Indicação etária: 16 anos
Gênero: tragédia
Preços: R$ 10,00
Os ingressos do espetáculo também são vendidos pela Ingresso.com.
Meia-entrada para crianças de dois a 12 anos, adultos a partir de 60 anos.
Estudantes só terão direito à meia-entrada com apresentação da carteirinha ou comprovante de pagamento da escola/faculdade juntamente com um documento de identidade. O canhoto do ingresso de qualquer peça do Teatro Maria Della Costa, dá direito a  uma meia-entrada na compra de um ingresso para qualquer outro espetáculo em cartaz no mesmo teatro ou no Teatro Ruth Escobar.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.