sexta-feira, 6 de maio de 2016

.: Dion di Mucci desafia o tempo tocando rock´n roll


Por Luiz Gomes Otero
Em maio de 2016

O tempo parece não existir para Dion Di Mucci. Para quem não conhece, ele era o líder do grupo Dion & The Belmonts nos anos 50 e 60, que emplacou vários hits bem na nascente do rock´n roll, juntamente com outros pioneiros do estilo. E aos 76 anos, ainda na ativa, ele lançou um disco intitulado "New York Is My Home", onde mantém o mesmo pique que o movia no início de carreira.

Para nós, brasileiros, Dion ficou marcado pelo hit supremo "The Wanderer", que Roberto Carlos cantaria em português como "Lobo Mau" na época da Jovem Guarda. Mas seus outros sucessos da época dos Belmonts como "I Wonder Why" e "Teenager In Love" também foram extremamente marcantes para a consolidação do rock.

Voltando ao disco, há um dueto na faixa título, composta por  Paul Simon, que faz backing vocals para o ídolo na gravação. Quando surgiu para a música, Simon tinha em Dion uma de suas fontes de inspiração musical.

O álbum é bem retrô em termos de sonoridade. As guitarras dão um tom rock e até de blues em alguns momentos, como nas ótimas "Ace Up Your Sleeve", "Ride With You" e "Can´t Go Back To Memphis", todas elas cantadas com um vigor invejável para um senhor de 76 anos.

No geral, "New York Is My Home" prova que o tempo não existe mesmo para Dion. E que ele continue produzindo coisas desse nível, para mostrar como é que se faz um autêntico rock´n roll.

Sobre o autor
Luiz Gomes Otero é jornalista formado em 1987 pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Trabalhou no jornal A Tribuna de 1996 a 2011 e atualmente é assessor de imprensa e colaborador dos sites Juicy SantosLérias e Lixos e Resenhando.com. Recentemente, criou a página Musicalidades, que agrega os textos escritos por ele.

"New York Is My Home"

"Ride With You"

"The Wanderer"

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.