segunda-feira, 23 de maio de 2016

.: Discussão entre competidor e jurado marca estreia de “Bake Off”

A segunda temporada do reality show “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” estreou no SBT, sob o comando de Ticiana Villas Boas. Com revelação que emocionou a audiência, desentendimentos e até puxão de orelha dos jurados, o programa agradou. 

O garçom de cruzeiros, Matheus Grandizol, de 30 anos, foi o primeiro eliminado após atuação desastrada nas duas provas da atração. Os internautas que acompanharam a atração fizeram questão de postar comentários sobre tudo o que aconteceu no programa com a hashtag #BakeOffBrasil. 


As polêmicas frases do temido jurado Fabrizio Fasano Jr. voltaram a chamar a atenção. Ao provar um bolo com péssima aparência feito pelo participante Murilo Marques, de 26 anos, o empresário fez um comentário que não foi bem recebido por um participante. 

Já Carol Fiorentino, conhecida pelo jeito doce da primeira temporada, surpreendeu e foi mais firme em todas as avaliações.

Também chamou a atenção o fato de uma mãe e filha, Juliana  Jabur (48 anos) e Paula Jabur (25 anos), competirem entre si pelo posto de melhor confeiteira amadora do Brasil. Ticiana comentou: “Vamos ver quem é melhor, mãe ou filha”

A atração começou com a apresentadora Ticiana Villas Boas dando as boas-vindas aos 14 selecionados entre 100 mil inscritos para participar da segunda temporada do “Bake Off Brasil”, onde o vencedor lançará o seu primeiro livro de receitas pela Editora On-Line. “Parabéns, pois entre milhares de inscritos vocês foram os 14 selecionados por essa busca pelo melhor confeiteiro amador do País”, disse a apresentadora.


Carol Fiorentino e Fabrizio Fasano Jr. entraram na tenda de quase 500 metros quadrados aonde estavam os competidores. “Eu realmente espero um salto da temporada passada para essa. Vamos ser muito mais críticos e eu vou esperar mais ousadia e sempre criatividade. Eu quero dessa vez ver muita técnica”, alertou a chef confeiteira. 

Já o temível Fasano foi enfático: “Eu sou apaixonado por comer bem. Comer um doce bem feito e maravilhoso é uma coisa que me dá um prazer indescritível. Então aqueles doces que eu achar que tem uma apresentação que está completamente fora do padrão, ou que realmente eu tenha uma impressão que não vale a pena. Eu vou me reservar ao luxo de sequer experimentar. Não estou preocupado com as críticas”.


Ao lado dos jurados, Ticiana explicou que cada programa terá duas provas, sendo a primeira criativa e a segunda técnica. Na primeira tarefa do reality show, os candidatos tiveram duas horas para preparar o bolo da família deles. Carol exibiu seu bolo dos anjos, que era o preferido de seu falecido irmão. Em seguida Fasano mostrou o bolo inglês que seu avô tanto gostava e que ele também adora. 

Durante a prova foram exibidas imagens com a história de vida de cada um dos participantes. Ticiana e os jurados passaram pelos competidores para ver como estava sendo preparado os bolos que cada um escolheu preparar.

“Eu estou com medo da tenda e com um pouco de medo dos jurados, de qual vai ser a primeira impressão que eu vou deixar para eles”, disse temerosa a participante Gabriela Freire, de 27 anos. Entre os participantes, existem personagens de todos os tipos, inclusive, pela primeira vez em um reality de gastronomia no Brasil, uma mãe e filha competindo uma contra a outra.  Juliana Jabur, de 48 anos, diz que prefere ganhar da filha: “Lógico que eu prefiro que eu ganhe”

Já a cantora lírica e filha de Juliana, Paula Jabur, de 25 anos, comentou com Ticiana Villas Boas o que acha dessa situação: “Os filhos vieram para superar os pais”. Paula ainda cantou um pouco de lírico durante o preparo de seu bolo. Por fim, Ticiana deu o veredito: “Vamos ver quem é melhor, mãe ou filha”.

A administradora Helga Litz, de 60 anos, se atrapalhou com o forno durante o preparo de seu doce, uma Cuca de Uva com Mirtilo, que foi servida crua. A participante levou uma chamada de atenção dos jurados, pois ficou confiante demais e, diferentemente dos outros 13 competidores, optou em ficar sentada durante boa parte da prova por acreditar que estava sob controle de tudo, o que irritou os jurados, Fabrizio Fasano Jr. e Carol Fiorentino. “A gente está numa fazenda e se bobear você poderia dar uma voltinha de cavalo”, provocou Fasano durante a tarefa. Após a avaliação do bolo, porém, Fasano foi mais firme: “Esse é um concurso importante, então ao invés de você ficar sentada como quem não quer nada, aproveite seu tempo para caprichar na decoração do seu bolo”.


Já o engenheiro químico Murilo Marques, de 26 anos, não lida bem com as críticas sobre a aparência de seu bolo, um Naked Cake de Limão Siciliano e Geleia de Morango.  Murilo ficou visivelmente irritado e interrompeu a avaliação do exigente Fabrizio Fasano Jr., que havia dito: “A impressão que eu tenho é que isso aí (bolo) já passou pelo seu sistema digestivo de alguma maneira (...) Eu vou experimentar o seu bolo, mas ele está digno de não ser experimentado”. Após experimentar, o jurado continuou: “Você é engenheiro químico, né? (Murilo responde que sim) Errou a fórmula...”. É neste momento que Murilo interrompe Fasano e retruca: “Eu não errei a fórmula, errei a decoração”. A apresentadora Ticiana Villas Boas fica surpresa com a resposta do candidato. É a primeira vez que alguém interrompe a avaliação e retruca um jurado. Em compensação, a jurada Carol Fiorentino aconselha Murilo: “Você precisa ouvir. Retrucar não adianta. Justificar não adianta. A gente ouve, absorve e tenta fazer melhor na próxima vez”.

O garçom de cruzeiros, Matheus Grandizol, de 30 anos, apresentou um bolo Pudim de Leite Condensado que deu completamente errado, com a base queimada e o recheio que não ficou firme. Mas antes ele ainda teve problema com o preparo do caramelo, que queimou. “Só não ficou ruim, pois é leite condensado”, limitou-se a dizer Carol Fiorentino.

Ainda houve momento de emoção com a participante Gabriela Freire, de 27 anos, que revela não enxergar de uma vista por ter ceratocone (doença ocular que afeta o formato e a espessura corneana, provocando a percepção de imagens distorcidas e embaçadas), o que a motivou a entrar no universo da confeitaria. “Foi fazendo doce que eu comecei a pensar que eu não estou perdida e que existe um caminho ainda”, disse a participante.


Na segunda prova da atração, os participantes tiveram que recriar um bolo de churros. Os jurados fazem a avaliação dos doces às cegas, sem saber quem preparou qual bolo. A manicure Tathiane Costa, de 42 anos, fica tensa, pois nunca fez esse bolo. 

Em compensação, o analista de marketing Luciano Neves, de 32 anos, se sentiu à vontade por adorar esse bolo. Paula Jabur reclama, pois não consegue usar a balança para medir os ingredientes. A balança estava sendo usada por outros competidores. Bruna também reclamou em tom alto: “Era bom que todo mundo medisse os ingredientes e liberasse (a balança). Eu estou ficando desesperada”.


Após a avaliação, a publicitária Vivian Nhoncance, de 35 anos, recebeu o primeiro avental azul de mestre confeiteiro da semana, após cozinhar com mais constância e administrar bem o tempo. No final do primeiro episódio do reality show, Ticiana Villas Boas anunciou que os jurados decidiram que Helga, Tathiane e Matheus foram os piores da estreia. Carol Fiorentino salvou Tathiane e Fasano, Helga. 

Matheus foi o primeiro eliminado da segunda temporada do reality show “Bake Off Brasil - Mão Na Massa”. “Realmente aconteceram coisas que eu não me deixaria no programa”, confessou o eliminado. “Bake Off Brasil - Mão na Massa” vai ao ar todos os sábados, a partir das 21h30, no SBT. Reexibição dos episódios no Discovery Home & Health, às terças-feiras, às 20h30, a partir de 24 de maio.

Fotos: Gabriel Gabe
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.