quinta-feira, 26 de maio de 2016

.: Nova coleção "Poesia de Bolso" da Cia. das Letras é pop e portátil


Muitos leitores aficionados por "Toda Poesia" de Paulo Leminski pediam versões mais enxutas do volume laranja para que pudessem andar com os versos do poeta curitibano por aí. 

Pensando neles, a Companhia das Letras "bolou" uma nova coleção, "Poesia de Bolso", que estreia com três clássicos contemporâneos: "Me Segura Qu’eu Vou Dar Um Troço", de Waly Salomão, "A Teus Pés", de Ana Cristina Cesar, e "Caprichos & Relaxos", de Paulo Leminski. Conheça os livros: 

"A Teus Pés", de Ana Cristina Cesar  
É o primeiro e único livro de poemas que Ana Cristina Cesar lançou em vida por uma editora, em 1982. Além de material inédito, a obra reunia os três volumes que a autora havia publicado entre 1979 e 1980 em edições caseiras: "Cenas de Abril", "Correspondência Completa" e "Luvas de Pelica". Desafiando o conceito de “literatura feminina” e dissolvendo as fronteiras entre prosa, poesia e ensaio, o eu-lírico e o eu-biográfico, Ana chamou a atenção de críticos como Heloisa Buarque de Hollanda e Silviano Santiago. Incluindo cronologia da autora, este clássico contemporâneo que integra Poética, a reunião de sua poesia completa, volta agora em forma avulsa às mãos do leitor. 
R$ 19,90 - 144 páginas

"Me Segura Qu’eu Vou Dar Um Troço" de Waly Salomão
Em 1970, Waly Salomão esteve preso no Carandiru por portar, nas palavras do próprio poeta, “uma bagana de fumo”, e ali começou a escrever seu primeiro livro, "Me Segura Qu’eu Vou Dar Um Troço", que seria publicado em 1972. Entre a prosa, a poesia e o ensaio, esta obra visceral e revolucionária se tornaria determinante para o movimento de contracultura que floresceu no Brasil naquela década, tendo inspirado a apreciação crítica de leitores como Antonio Cândido, Heloísa Buarque de Hollanda e Antonio Cícero. Incluído em "Poesia total", este clássico contemporâneo volta às livrarias em sua forma avulsa, capaz de nocautear o leitor por sua densidade e potência. O volume conta com cronologia inédita do autor.
R$ 19,90 - 128 páginas

"Caprichos & Relaxos", de Paulo Leminski
Em 1983, Paulo Leminski lançava um livro que se tornaria um best-seller na época e um clássico para as futuras gerações: "Caprichos & Relaxos". Ali estavam os principais poemas que o curitibano tinha escrito até então, muitos inéditos e outros publicados em edições independentes ou na revista de arte e vanguarda "Invenção", encabeçada pelos irmãos Augusto e Haroldo de Campos e por Décio Pignatari. Os pais da poesia concreta no Brasil haviam adotado aquele jovem poeta ilustrado, audacioso e contundente. “Evoé, Leminski!”, dizia Haroldo na contracapa original. “Uma maravilha”, louvava Caetano Veloso. Incluindo uma cronologia inédita, esta obra tão celebrada que integra "Toda Poesia" volta agora em sua forma avulsa às mãos do leitor. 
R$ 19,90 - 168 páginas

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.