sábado, 25 de junho de 2016

.: "Laboratório de Teatro da Velha Guarda de Artistas" abre inscrições

Com foco na valorização da experiência da "velha guarda" do teatro santista e de outros setores da arte, o diretor Ednor Messias ministra a oficina "Laboratório de Teatro da Velha Guarda de Artistas" no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de Santos (Av. Ana Costa, 55, Vila Mathias). A atividade tem início no próximo dia 5, com encontros às terças e quintas-feiras, das 19h às 21h. A duração é de três meses.

O evento é gratuito e os interessados devem se inscrever por meio do telefone 3203-3249, das 14 às 16h, ou pelo e-mail messias_6@yahoo.com.br, entre o próximo dia 28 e 5 de julho. O número pretendido de participantes é de 30. Caso seja excedido, será realizada seleção. 

No encerramento do laboratório, que está previsto para o dia 3 de outubro, os alunos se apresentarão em uma montagem da peça ‘Júlio César’, de Willian Shakespeare. 

O projeto tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e busca incentivar a atuação dos antigos agentes dos diversos setores culturais da Cidade, além de formar um grupo de artistas que promova o regaste da memória da Cidade.

O professor
O escritor, ator, diretor e professor Ednor Messias formou-se em Artes Cênicas no Teatro Escola Macunaíma, em 1968, e também cursou o Centro de Pesquisas de Teatro Sesc Vila Nova (São Paulo), em 1975. Também marcou presença no Theater Opera Company, de Los Angeles, em 1985, e no Curso de Administração de Teatro ministrado por Ronaldo Daniel, diretor da Academia de Teatro da Inglaterra, em 1988, entre outras oficinas e workshops.

Como diretor, esteve à frente de espetáculos como "A Princesa Branca, Cena à Beira Mar", de Rainer Maria Rilke; "Coração Desperto", de Amadeu Camargo; "O Bonde de Drummond", adaptação da poética de Carlos Drummond de Andrade; e "Lisistrata", de Aristófanes, entre outros.

No palco atuou em peças como "As Incelenças", de Luiz Marinho. Já no cinema esteve em filmes como "Nenê Bandalho", de Plínio Marcos, com direção de Emilio Fontana. Também representou em produções para televisão como "A Indomada", "Nem Fiel nem Rebelde" e "Processo Crispim".

Serviço
"Laboratório de Teatro da Velha Guarda de Artistas"
Inscrições por meio do telefone 3379-9941 ou pelo e-mail messias_6@yahoo.com.br
Auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de Santos
Av. Ana Costa, 55, Vila Mathias
Gratuito

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.