quarta-feira, 29 de junho de 2016

.: Semelhanças: De Hércules para outros clássicos Disney

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em junho de 2016


Não é de hoje que as semelhanças entre as produções Disney chamam atenção do público. Quem ainda não sabe que o peixe "bravinho" de "Procurando Nemo", Gil, está logo na abertura de "Lilo &Stich", não é? Contudo, na animação "Hércules", somente no trecho da música "Não direi" há muitos elementos para observar e associar.

Já num jardim parecido com o de Agrabah, muito circulado pela princesa Jasmine e invadido por "Aladdin", está a tritagonista de "Hércules": Mégara. Além do verde durante a noite, ambas têm direito a estátua de um cupido fofinho -tanto Mégara quanto Jasmine.

Choramingando pelas mazelas do amor que se recusa a sentir, a personagem passa pela estátua de um casal dançando. Esse é o lembrete discreto da música "Parte do seu mundo", de Ariel, em "A Pequena Sereia". Sim, Mégara! "Tudo é tão lindo no início" e ambas as cenas acontecem no período noturno. Desabafos de mocinhas na luz da lua? Sim! 

Contudo, "Aladdin" volta a dominar a cena quando Mégara pula em pedras na piscina, mas na última... um quase acidente acontece, mas a mão amiga do amado está estendida. Quem é fã Disney já escuta mentalmente a fala apaixonante: 
"Você confia em mim? Confia em mim". Aonde se ouve isso? Na animação do príncipe Ali Ababwa.

Então, um retorno ao clássico de "A Pequena Sereia" com o olhar apaixonado para a estátua do amado, em pose viril. Aqui Hércules está eternizado como o príncipe Eric. Mesmo que por um momento breve, Mégara age como a sereiazinha e demonstra felicidade ao estar junto daquele que mexe com o coração dela -aceitando esse fato ou não. 




De repente, as musas reforçam a mensagem de não fugir do amor, mas em estátuas de busto. Contudo, a segunda, a mais baixinha e fofinha está tal qual o danadinho gato de Cheshire. Sem cabeça! Não! Sem chance para a Rainha de Copas, mas estabelece uma nova relação, como o clássico "Alice no País das Maravilhas".

Por mais que a fonte principal do jardim ganhe e perca adornos, não há como deixar de conectar a cena com o clássico "A Bela e a Fera". Principalmente de quando a mocinha exterioriza a paixão que tem por histórias de amor, bem na fonte da praça pública.



*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm


Trecho de Hércules

Trecho de Aladdin

Trecho de A Pequena Sereia

Trecho de A Bela e a Fera

Trecho de Lilo & Stich


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.