sexta-feira, 10 de junho de 2016

.: “Ser demitida não é bom nunca”, revela Silvia Poppovic no Raul Gil

Crédito: Rodrigo Belentani
No próximo sábado, 11 de junho, às 14h15, Raul Gil abre o programa recebendo Mauricio Mattar cantando “Nada apaga essa Paixão”, “Tempo de Amor” e “Os seus Botões”. 

No quadro "Elas Querem Saber", a convidada da vez é Silvia Poppovic. Aos 61 anos, fala sobre a recente demissão da rádio Jovem Pan, sobre seu encontro com a apresentadora americana Oprah Winfrey e revela assuntos sobre seu corpo e vaidade.

Confira as melhores frases do quadro:

“Ser demitida não é bom, nunca! É a primeira vez que fui demitida em quase 36 anos de carreira. Eu fiquei tão surpresa. Ninguém acreditava, pois não fiz nada de errado” (sobre sua demissão da Jovem Pan).

“Não me explicaram muito não. Fiquei chateada com a forma que aconteceu” (sobre a demissão).

“Talvez eles quisessem que batesse mais forte, falasse mais de política. Sai muito bem de lá, com as portas abertas” (ainda sobre a demissão).

“Imagino que seja por ter opinião própria” (sobre qual o motivo da demissão).

“Foi emocionante” (sobre seu encontro com Oprah Winfrey).

“Eu prefiro televisão” (sobre suas escolhas entre rádio e TV).

“A vida virtual não paga o que a televisão paga" (compara a remuneração de internet com a televisão).

“A TV está muito mais para o entretenimento” (sobre a televisão atual).

“Fui uma das primeira âncoras a ficar de pé, a falar. Isso não existia” (se compara ao novo modelo do "Jornal Nacional").

“Eu sempre achei que a linguagem de televisão tinha que ser a mais espontânea possível”.

“Eu acho traumático, era um psicopata, pois criou uma relação de idolatria com seu ídolo, começou a se apaixonar. E isso atrapalhou a vida dele e foi se transformando na raiva de não ter essa mulher ao lado, até o momento que passou a ser ódio" (sobre o caso do fã que perseguiu Ana Hickmann).

“Ninguém opta em ficar gorda. Eu sempre tive um metabolismo mais lento. Eu sou assim, dou uma emagrecida e dou uma engordada. Eu acho que a beleza vem de dentro e vem de fora também de você tirar partido do que você tem de bonito” (sobre o próprio corpo).

“Ser gordinha já tem mais tolerância hoje em dia. E não tem que deixar ninguém pisar em cima da gente porque a gente é diferente.”

“Gosto de viajar, decoração e arquitetura, ouvir música, conversar. Sou uma pessoa que gosta de viver” (o que gosta de fazer nas horas vagas).

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.