segunda-feira, 11 de julho de 2016

.: Aracy Balabanian é a "Persona Em Foco" na TV Cultura

Com depoimentos de Beatriz Segall, Tony Ramos e Luiz Gustavo, entre outros, o programa vai ao ar na terça-feira. Foto: Jair Magri

Aracy Balabanian é homenageada no "Persona Em Foco", programa da TV Cultura que resgata a história de atores, diretores e autores que solidificaram os pilares das artes cênicas do Brasil. Apresentado por Atílio Bari, o programa vai ao ar na terça-feira, dia 12 de julho, às 23h30. A atriz, com 53 anos de carreira e cerca de 70 trabalhos realizados, interpretou vários papéis emblemáticos que entraram para a história do teatro, televisão e cinema brasileiros. Suas histórias são contadas ao lado dos entrevistadores, o ator Renato Kramer e a crítica Elvira Gentil.

Aracy lembra que seus pais, armênios, vieram para o Brasil fugindo do genocídio promovido pelos turcos otomanos. Nascida em Campo Grande (MS), ela revela que seu maior sonho na infância era ser anjinha para coroar Nossa Senhora. “Mas a professora de catecismo dizia que eu não podia ser anjinho, porque tinha cara de turca”.

O início de carreira aconteceu em São Paulo. Ela conta que, quando se mudou para a capital paulista, foi estudar no colégio Bandeirantes, onde conheceu Augusto Boal. Ele a indicou para um teste, que resultou na estreia como atriz em Almanjarra. “Após a estreia, Décio de Almeida Prado fez uma crítica no Estadão e dizia que nascia uma estrela”. E conta que Beatriz Segall “me pedia para que eu não deixasse de estudar e aprender. Até hoje estou  fazendo isso”. Ela ainda reforça a importância da atriz em sua vida. “Eu tinha a Beatriz como meta... Eu queria ter os gestos e a elegância dela. Ela me ensinou o princípio de tudo”.

Aos 18 anos, começou a cursar a Escola de Arte Dramática de São Paulo (EAD) e a Faculdade de Ciências Sociais da USP, mas abandona esta última no terceiro ano, o que gera a desaprovação de seu pai, Rafael.

Aracy se recorda dos sucessos  no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), entre eles Os ossos do Barão e Veredas da Salvação. Também fala de fracassos e o único que vivenciou foi no teatro com a peça Júlio Cesar, dirigida por Antunes  Filho. “O fracasso faz parte da vida”.

Com uma carreira na televisão pautada pelo sucesso, Balabanian ressalta a importância da novela "Antônio Maria" na TV Tupi. “Essa novela teve grande importância na minha vida, porque conquistou meu pai... Ele levava bolos de fotos para eu autografar e saia distribuindo. E dizia `você sabe de quem eu sou pai?´ Foi durante essa novela que meu pai morreu”.

Da  trajetória na TV Globo, Aracy conta diversas passagens, dentre elas como construiu a personagem dona Armênia, na novela "Rainha da Sucata". “Eu aprendi a escrever e a falar armênio com meus pais. E sabia por que eles trocavam o masculino pelo feminino”. Entre os amigos e profissionais que dão seus depoimentos no programa estão Beatriz Segall, Tony Ramos, Luiz Gustavo e Paulo Hesse.
"Persona Em Foco" tem roteiros de Analy Alvarez e Marcus Cardelíquio.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.