quarta-feira, 31 de agosto de 2016

.: A beleza de ser criança, por Mary Ellen Farias dos Santos

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em agosto de 2016



Ele entrou pela porta como um furacão, pura euforia. Olhou para a mesa na entrada, lotada de doces e perguntou:

- Todos esses doces são para vender, é?

Rapidamente, respondi:

- Sim! Toooooodos os doces daqui!

Então, levantou a mãozinha e me mostrou a moeda de R$ 1,00, com os olhos brilhantes, enquanto saltitava, recebi uma nova pergunta: O que eu posso comprar com ela?


Mostrei várias delícias, mas a compra seria reduzida a apenas um item. Não! Ele queria mais. Contudo, foi diante de outras miudezas que ele se encontrou. Estava decidido a gastar tudo em pirulitos, mas ele viu bolinhas de chocolate e a dúvida bateu.

- Posso tirar dois pirulitos? - perguntou.

- Claro! Você pode pegar duas bolinhas, então. Escolha que cor prefere. - respondi.

Como toda criança com alegria de viver e sem extrapolar os limites alheios, ele olhou bem nos meus olhos disse:

- Eu prefiro azul. E você?

- Bem, eu adoro rosa.

Tornou a afixar os olhos nos meus e completou: 

- Eu não. Só gosto de azul.

Sem qualquer chance de responder a última fala do garoto, apenas gargalhei, peguei no cabelinho dele e disse, ao lhe entregar o pacotinho: Que Deus o abençoe! 

Com a mesma empolgação que entrou, correu com o saquinho de doces e uma balinha de brinde. Parecia levar uma grande preciosidade nas mãos, enquanto gritava:

- Nossa! Olha quantas coisas eu comprei!


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.