quarta-feira, 10 de agosto de 2016

.: Crônica: E a quantidade de espertinhos só aumenta...

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em agosto de 2016



Pode ser aquele "espertalhão" no trânsito, que não sinaliza, dá uma fechada e toma a vaga de estacionamento num Canal da cidade de Santos, a qual você estava prestes a usar -com o carro até embicado- ou aquele que descaradamente fura a fila que nem mesmo está grande. A cultura de sempre levar vantagem. Essa é a mais latente entre os brasileiros.

Surpresos que os orientais recolheram os lixos nos estádios olímpicos? Claro! Aqui na terra Tupiniquim o que vigora é a lei do "salve-se quem puder". É extremamente complicado viver em sociedade e, antes de criar qualquer expectativa, jamais as crie com quem não conhece! Por quê? A decepção tem grandes chances de ser enorme.

Diante do tradicional "se o feijão é pouco, meu pirão primeiro" fica cada vez mais difícil acreditar em uma mudança próxima. Como ir contra ao pensamento de "eu sou melhor do que você" ou "eu tenho, você não tem"?. Afinal, sempre que se opta pela gentileza, na maioria das vezes, na sequência, bate o sentimento de ter sido um completo: Otário!


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.