domingo, 28 de agosto de 2016

.: Marian Keyes, a escritora fofíssima de sucessos literários

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em agosto de 2016


A vida sempre nos reserva surpresas e a minha mais recente foi saber que a escritora Marian Keyes estaria neste ano na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Não poderia de modo algum perder a oportunidade de, pelo menos, ver aquele rostinho que acreditava ter uma voz bem suave de tão delicada (Eu acertei!). Até chegar domingo, dia 28 de agosto, o grande dia, imaginei como seria todo o momento. Sim! Considerei perder a chance de não vê-la, afinal pegar ônibus para subir a serra, metrô e outro ônibus... Leva bastante tempo. Contudo, só queria descartar tamanho azar.

O grande dia chegou, acordei cedo. Na verdade, antes de o despertador tocar. Muita ansiedade! Fechei os olhos e não mais dormi. A mente começou a voar longe demais. Como será a autora de "Melancia" ao vivo? O pensamento não parava de trabalhar. Na noite anterior, separei o primeiro grande sucesso dela para tentar ganhar um autógrafo (Ledo engano!! Não consegui pegar senha).

O foco nas 11 horas passou a ser um mantra: "Tenho que chegar a tempo". Consegui!! A palestra já estava iniciada, mas cada palavra que soava daquela pessoinha tão pequenina já dava para perceber o quão doce ela era. Mesmo distante, meus olhos ficaram marejados de pura felicidade. Olhava para o meu marido, na esperança de que ele também estivesse entendendo a delicadeza daquela que tanto admiramos. Nada! Toda aquela emoção ficou contida em mim.

Queria fotografá-la, embora estivesse somente com o celular e a máquina fotográfica de bolsa. Incentivada pelo maridão, aproximei-me. Foto sem qualidade? E daí? O registro foi feito e será muito bem guardado. Enquanto eu tentava manter o equilíbrio para associar tudo o que ela dizia, encontrei ainda mais pontos semelhantes com ela. Sim! Ela vê a força do menosprezo da sociedade para com o sexo feminino. Horas e horas de futebol na televisão. "Para que 22 homens correndo atrás de uma boa?". Divertida? Sim. Ela é!!


Embora, Marian tenha sido taxada de autora de "ckick-lits", isso não importou. De acordo com ela, mergulhar nos sofrimentos e sentimentos femininos é o que a motiva. Escrever sobre o papai Walsh ("Melancia", "Férias", "Los Angeles", "Tem Alguém aí?", "Chá de Sumiço", "Mamãe Walsh")? Sem chance! Marian afirmou não conseguir entender o universo masculino. "Não consigo entrar na mente de um homem!"

Outra revelação feita pela autora do mais recente lançamento no Brasil, "Salva Pelos Bolos", livro de receitas no qual compartilha com leitores como a culinária a ajudou a sair da depressão, foi o fascínio pelo brigadeiro. Que cena peculiar ela descreveu? A escritora contou que há 2 dias, ao chegar no hotel, encontrou quatro brigadeiros e os comeu, sem deixar que o marido lambesse o restante. Brigadeiro para Marian Keys é "amazing"! Tanto é que, após fartar-se, deitou na cama como que em um "coma". Hilária!!

Como isso e mais outras coisas foram ditas? Do jeito mais meigo possível! Após declarações de amor repetidas de fãs, uma a fez chorar e perder a fala, contagiando muitos que ali estavam para ver aquela pequena de voz doce. O que foi dito? "As mulheres precisam de você!". De fato, nós mulheres precisamos muito das obras de Marian Keys. Como resistir a essas montanhas-russas de emoções que terminam em uma linda lição de vida? A escrita de Marian Keys é a solução!!

O melhor de tudo? Eu já tive a chance de entrevistá-la, em 2009. Confira aqui!

Entrevista com Marian Keyes, escritora



*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.