terça-feira, 30 de agosto de 2016

.: Museu do Festival de Cinema é a nova atração de Gramado

Com a presença do Secretário da Cultura, Victor Hugo da Silva – representando o Governador José Ivo Sartori, e do prefeito Nestor Tissot, foi inaugurado na última sexta-feira, 26 de agosto, o Museu do Festival de Cinema de Gramado – MFCG. O empreendimento está localizado ao lado do Palácio dos Festivais e possui uma privilegiada área de 584 metros quadrados. 

O Museu é a grande atração da 44ª edição do Festival de Cinema de Gramado, que ocorre até o dia 3 de setembro. Trata-se de um espaço único, digno da importância do maior e mais tradicional festival de cinema brasileiro, projetado para registrar a história e trajetória de mais de quatro décadas da sétima arte no nosso país, buscando aliar o interesse pelo cinema com mais uma ótima opção de turismo cultural na serra gaúcha. 

O Museu do Festival de Cinema é o resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Gramado e a Gramado Parks, que foi representada por Mauro Silva na prestigiada cerimônia de inauguração. Mauro revelou que a empresa fez um investimento de R$ 2,5 milhões no MFCG, e que ele irá gerar 20 novos empregos diretos. “É o primeiro investimento destinado à manutenção do cinema brasileiro e latino, e com certeza vai manter vivo o espírito do Festival o ano inteiro”, afirmou Mauro.

Curador do Festival de Cinema de Gramado, o jornalista Marcos Santuário disse que o novo museu possui padrão internacional. “Quem conhece museus mundo a fora, sabe da importância mundial deste museu”, afirmou Santuário.

Depois de afirmar que o Festival de Gramado é um dos mais importantes do mundo, Marcos Santuário disse que agora, com o museu, “a história fica muito mais forte”.

Com capacidade para recepcionar 2,8 mil pessoas diariamente, o MFCG conta com Curadoria da museóloga Daniela Schmitt, do diretor de criação e artístico Walther Neto e direção de arte de André Luís Carvalho. 

Durante pronunciamento na inauguração do Museu do Festival de Cinema de Gramado (MFCG), o promotor de Justiça Max Roberto Guazzelli relatou como surgiu a oportunidade para que o Município recebesse a área sem ônus. Guazzelli relatou o Termo de Acordo de Conduta (TAC) feito entre o Paróquia São Pedro e os proprietários da galeria onde está o museu, destacando o esforço feito pela historiadora Marília Daros.

A secretária de Turismo de Gramado, Rosa Helena Volk, não escondeu o seu entusiasmo pela inauguração do Museu do Festival de Cinema. Disse que era um sonho que se realizava, lembrando que fazia parte do plano de governo do prefeito Nestor Tissot quando ele foi candidato à reeleição em 2012.

O prefeito Nestor Tissot ressaltou a importância do museu não só para a manutenção da história do Festival, mas para a comunidade gramadense, que terá acesso gratuito ao empreendimento. Tissot destacou, ainda, o esforço de todos aqueles que lutaram pela realização do Festival de Cinema ao longo de 44 anos, e que materializa agora através do museu.

“Quem for convidado para assumir um cargo no Governo do Estado deveria ao menos cumprir seis meses de estágio em Gramado”. Assim o secretário estadual de Cultura, Victor Hugo Silva, resumiu o espírito empreendedor do povo gramadense.

O MFCG terá espaços dedicados as atrizes Zezé Motta, Maitê Proença e o ator Lima Duarte.  Ele serão homenageados com estátuas de cera que estão em produção para serem apresentadas em uma nova fase, no início do ano que vem.

Crédito da foto: Edison Vara

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.