quinta-feira, 20 de outubro de 2016

.: 1º Santos Film Fest celebrará produção independente e memória

Festival terá sessões e bate-papos no Roxy 4 do Pátio Iporanga (onde ainda haverá exposição em homenagem a Sonia Braga), Instituto Arte no Dique, Cinemateca de Santos, Museu da Imagem e do Som e Praça do BNH.

Realizada com sucesso em 2014 e 2015, a Mostra Cine Brasil Cidadania passa a se chamar Santos Film Fest – Festival de Filmes de Santos. O projeto acontecerá de 3 a 7 de novembro, em cinco espaços da cidade, com programação completamente gratuita.

O objetivo é manter o caráter reflexivo e transformador do cinema, exibindo filmes, especialmente longas brasileiros contemporâneos, que abordem questões relativas à cidadania. Mas agora, o projeto passa a abrir espaço para produções estrangeiras e clássicos do cinema nacional. Busca instigar a produção de longas-metragens na Baixada Santista, bem como propiciar ao público produções independentes realizadas em gêneros diferentes, no Brasil e no exterior.

Em 2014 e 2015, as duas primeiras edições da Mostra Cine Brasil Cidadania trouxeram longas inéditos para a cidade, como a coprodução Brasil-Índia “Bollywood Dream – O Sonho Bollywoodiano”, a animação indicada ao Oscar “O Menino e o Mundo”, cuja sessão foi a primeira do filme na região, “Os Melhores Anos de Nossas Vidas” e o premiado “São Silvestre”. Sempre com sessões lotadas, atingindo pessoas de todas as idades e ampla cobertura da mídia.

Para dar início à celebração cinematográfica, o evento terá em sua abertura a avant-première nacional do filme “Receita Para a Felicidade: O Homem, O Cão e o Salto”. Na quinta-feira, 3 de novembro, 21h30, na sala 1 do Cine Roxy 4 do Shopping Pátio Iporanga. Antes da exibição, haverá uma intervenção com artistas da ONG S.O.S. Sorriso. A entrada é gratuita, por ordem de chegada.

Com 72 minutos de duração, a trama, acompanha “voluntários de terapias alternativas que deixam suas vidas convencionais por algumas horas para ajudar quem precisa e acabam percebendo que a felicidade é muito mais simples do que imaginam”. O longa é dirigido pelo jovem santista Delson Matos Gomes. Junto ao lançamento do filme, será anunciado o aplicativo “Quero Ajudar”. Ambos os produtos se complementam e trazem informações sobre o benefício da ajuda ao próximo. O aplicativo é um modo de as pessoas interagirem com as instituições que precisam de ajuda.

A ferramenta une as instituições de ajuda social às pessoas, ou seja, une quem precisa de ajuda com quem pode ajudar. O usuário do aplicativo seleciona a região que mora e a ferramenta lista as instituições cadastradas com suas necessidades (cadastradas previamente).

Dentro do Santos Film Fest, “Receita Para a Felicidade: O Homem, O Cão e o Salto” ainda terá sessões na sexta-feira, 4 de novembro, 15h, no Instituto Arte no Dique, no sábado, 5 de novembro, 19h30, na Praça do BNH e depois ficará uma semana em cartaz na sessão das 18h30 no Cine Arte Posto 4.

Entre os objetivos do festival está a valorização da memória cinematográfica. Principalmente em relação ao cinema nacional. Para tanto, na sexta-feira, 4 de novembro, 19h30, acontecerá o lançamento da exposição “Viva Sonia Braga”, que reunirá a memorabilia do artista Waldemar Lopes, fã da atriz. Ele foi consultor na homenagem que o Festival de Gramado 2016 fez à protagonista do filme “Aquarius” e possui itens raros, que serão expostos no primeiro piso do Shopping Pátio Iporanga. Ainda no mesmo dia, acontece uma sessão especial, na sala 1, de “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, que até 2010 foi a maior bilheteria do cinema brasileiro e completa 40 anos de seu lançamento.

Atualmente Sonia vive grande momento em sua carreira: estrelou “Aquarius”, filme que estreou no Festival de Cannes, abriu o Festival de Gramado e tem recebido prêmios mundo afora. E também está na série “Luke Cage”, da parceria Marvel-Netflix, na qual interpreta a mãe da personagem de Rosario Dawson. Além disso, é a atriz brasileira que tem carreira mais marcante no exterior, tendo sido indicada ao Globo de Ouro, ao Bafta (o Oscar britânico) e estrelado outros sucessos nacionais como “A Dama do Lotação”, “Gabriela, Cravo e Canela” e “Tieta do Agreste”. A exposição “Viva Sonia Braga” seguirá aberta para visitação diariamente até quinta-feira, dia 10 de novembro, no horário de funcionamento do shopping.

Nesta primeira edição, o Santos Film Fest estabeleceu uma parceria com o Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico e trará a Santos os longas e curtas vencedores. O Cinefantasy é um evento internacional criado para incentivar, debater e divulgar o cinema fantástico e seu universo. Sua sétima edição ocorreu em setembro deste ano.

O cinema fantástico é um termo usado para unir todos os gêneros que têm um pé no real e outro no irreal. Ou seja, horror, ficção científica e fantasia são subgêneros que integram o fantástico.

As sessões ocorrerão no Museu da Imagem e do Som de Santos. Serão exibidos o italiano “Fantasticherie Di Un Passeggiatore Solitario“, o brasileiro “O Diabo Mora Aqui” e seis curtas premiados. Também haverá um bate-papo com os coordenadores do festival sobre o panorama do cinema independente de gênero.

Cumprindo um de seus propósitos de descentralizar a programação e propiciar o acesso à cultura e a formação de público, o Santos Film Fest realizará sessões ao ar livre, na Praça do BNH. No sábado, dia 5, do filme “Receita Para a Felicidade: O Homem, O Cão e o Salto” e, no domingo, sessões do curta-metragem “Lúcida”, de Fabio Rodrigo e Caroline Neves, prêmio da crítica em Gramado este ano, e “Sabotage – Maestro do Canão” (2015), de Ivan 13P, sobre o famoso rapper paulistano. Ivan virá a Santos para conversar com o público após as sessões. Ambas as produções abordam questões ligadas à vida na periferia e servirão de fonte para o debate sobre cidadania.  Caso chova no dia as exibições ocorrerão em espaço coberto, a ser confirmado.

Virada Cinematográfica
Na virada de sábado, 5 de novembro, para domingo, dia 6, acontecerá uma virada cinematográfica na Cinemateca de Santos, em parceria com a Sessão Comodoro e o cineasta Vébis Júnior. Serão exibidos três longas. Ao término da programação, quem resistir até o fim poderá conferir um café da manhã. A iniciativa é inspirada em parte no clássico "Noitão", promovido pelo Cine Belas Artes, de São Paulo.

A Mostra Comodoro, criada pelo cineasta Carlos Reichenbach se destacou em São Paulo ao exibir filmes do chamado “cinema extremo”. Após o falecimento do diretor, Vébis Júnior manteve o acervo e segue com o projeto em Santos fazendo a curadoria ao lado de Leopoldo Tauffenbach.

Prévia
Uma das reflexões promovidas pelo Santos Film Fest é a possibilidade de realização de longas independentes. No domingo, 6 de novembro, 17h30, no Museu da Imagem e do Som de Santos, acontecerá um bate-papo com Delson Matos Gomes e Wladimyr Crus. Dois santistas que realizaram longas-metragens. Delson é responsável por “Receita Para a Felicidade”. Já Wladimyr tem três longas no currículo - "Woodstock – Mais Que Uma Loja..." (disponível atualmente no Netflix),"Uma Nova Onda De Liberdade – A História do Madame Satã" e “Os Portais do Inferno se Abrem – A História do Vulcano” – e prepara “Califórnia Brasileira”, sobre a cena hardcore da cidade nos anos 90. Na ocasião, haverá uma maratona de videoclipes de bandas santistas e uma prévia de “Califórnia Brasileira”, em primeira mão.

Para coroar a programação, mais um lançamento. Na segunda-feira, 7 de novembro, 20h, no Museu da Imagem e do Som de Santos, acontece sessão do filme “Condado Macabro” e noite de autógrafos do livro homônimo, ambos de Marcos DeBrito. O livro é da editora Simonsen, do santista Rodrigo Simonsen.

Uma casa alugada por cinco jovens transforma-se no palco de uma chacina. Um palhaço suspeito é encontrado todo ensanguentado na cena do crime e precisa provar sua inocência para o investigador da pequena cidade onde cometia seus delitos. Sem evidências para prendê-lo, o policial entra no jogo ardiloso do acusado e precisa averiguar sua versão de que assassinos sanguinários possam ter passado pela mansão. A classificação indicativa é 18 anos para a exibição do longa. A idealização e coordenação geral do festival é do jornalista André Azenha.

Endereços:
  • Cine Roxy 4 Pátio Iporanga – Av. Ana Costa, 465, Gonzaga - Santos/SP
  • Cinemateca de Santos – Rua Ministro Xavier de Toledo, 42, Campo Grande - Santos/SP
  • Instituto Arte no Dique – Rua Brigadeiro Faria Lima, 1349, Rádio Clube - Santos/SP
  • Museu da Imagem e do Som de Santos – Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, piso térreo - Vila Mathias - Santos/SP
  • Praça do BNH – Rua Alexandre Martins, s/nº, Aparecida - Santos/SP
  • Shopping Pátio Iporanga: Av. Ana Costa, 465, Gonzaga - Santos/SP
Outras informações: www.santosfilmfestival.com.br.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.