quinta-feira, 27 de outubro de 2016

.: 6x7: #AHSRoanoke jorra sangue e diminui a dose de suspense

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em outubro de 2016



CONTÉM SPOILERS!



Retornar à casa de Roanoke não é fácil e muito menos para os envolvidos no pesadelo que foi retratado no documentário exibido nos cinco primeiros episódios, sejam os moradores da casa do mal ou os atores. Agora, em "American Horror Story: Roanoke", que, pela segunda vez, promete três dias no inferno. O sangue jorra sem dó. Sim! É do início ao fim mesmo. Mortes e mais mortes pipocam na tela.

Embora Lisa, uma ajudante de Sidney, queria saber por onde anda Diana, a parceira dele. Sidney deixa claro que se importa. Contudo, ele e outros dois que trabalhavam num trailer, assistindo o que acontecia na casa, terminam por provar toda a malvadeza de "The Butcher". 

Momento tenso! Já na casa do terror, Audrey (Sarah Paulson) procura por Rory (Evan Peters) e chega no grupo reunido na cozinha. Juntos, apesar das diferenças, seguem a procura pelo jovem. No entanto, eles não contam com uma visitante que é uma maluca de pedra. 

Sim! O surto de Agnes Mary (Kathy Bates) é medonho e causa uma gigante reviravolta na trama. Arrependimento? Sim! A atriz chega a chorar, mas "era o destino dela". Conforme ela, "os fãs querem mais!". Só não é mais louca por ser uma só, até que o feitiço alá "Bruxa de Blair" a pega de jeito.


Dominic (Cuba Gooding Jr.), o cara mau da trama, que diz ter feito a lição de casa, cerca Shelby. Eis que Matt vê tudo e interpreta do modo pior. Para tornar a situação mais tenebrosa, Dominic começa a usar uma micro-câmera. Nesse episódio o uso de câmeras malucas, desfocadas, caídas, tortas é o que reina. 

Luzes cortadas e com Shelby ferida, o medo toma conta do grupo. Na tentativa de resolverem os problemas por conta, Audrey, Lee e Monet transitam em locais que não deveriam, mas chegam na floresta. Lá o jeito é seguir o clássico: Corram! Que traz cenas incríveis com o trio ao encontrar a "morte". Dá-lhe, Lee! Então, é feito um depoimento no estilo "A Bruxa de Blair", com direito a lágrimas, ranho e sangue no rosto.

Surpreendentemente, Matt confessa o verdadeiro motivo de retornar à casa, mas é Shelby quem enlouquece diante do fato. Cena de deixar qualquer um boquiaberto por bons segundos. Em contrapartida, as cenas horríveis de se ver não ficam no porão da casa. Bem longe, sob o poder de lunáticos, o trio sofre, chora, enquanto o uso de drogas rola solto, assim como o canibalismo. Por fim, Agnes encontra a verdadeira carniceira e o fim é de péssimo gosto. Muita violência! E o suspense ficou em que parte, Ryan Murphy?


Seriado: American Horror Story: Roanoke
Temporada: 6
Episódio: 7 - "Capítulo 7"
Exibido em: 26 de outubro de 2016, EUA.
Elenco: Lagy Gaga, Sarah Paulson, Wes Bentley, Denis O'Hare, Matt Bomer, Evan Petters, Kathy Bates, Angela Bassett, Cuba Gooding Jr., Adina Porter, Leslie Jordan 


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.