quinta-feira, 13 de outubro de 2016

.: Aprenda a colocar-se sempre em primeiro lugar

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em setembro de 2016




Ter a avó viva e lúcida aos 84 anos é um presente, ainda mais com a história de vida, incluindo a vitória de um câncer. Por tomar tantos outros remédios, deixou o de labirintite de lado, que não a perdoou, mandando-a ao chão por três vezes seguidas. Susto em nós? Não maior do que em minha mãe, mas estamos juntos nessa. Esse é o bom de se ter uma família pequena.

A questão é que domingo, o único dia que tinha para descansar, já mudou de figura. É preciso encontrar energia e alegria, pois agora, são para ela. Assim, ficamos em família. Claro! Não perco por nada! Preciso curtir o que tenho por direito. Aproveitar os momentos, sempre.

Até que um dia, isso implicou na chegada tardia em casa. Assim, perdemos a única vaga que não implicaria em deixar o carro atrás de outro, pois chegamos junto com o vizinho que, no caso, esperava o portão do carro abrir. Aquela noite o carro dormiria atrás de outro. Fazer o que, né? Melhor do que deixá-lo na rua.

Entretanto, a maior surpresa não foi a de ser acordada antes das 7 horas da manhã para que o outro carro pudesse sair, mas a de constatar que o vizinho que chegou milésimos de segundos antes, na noite anterior, aquele que esperava o portão abrir, já havia saído com o carro. Pensei: Sério? Custava perguntar: Vão sair cedo, pois eu vou! Use a vaga, vocês só saem com o carro de tarde mesmo.

Essa é a postura da maioria: feijão pouco, o meu pirão primeiro. Abrir um sorriso, dar bom dia, além de escolher lindas palavras para tratar o outro. Só na frente é fácil e mecânico. O pensar no outro não existe na prática. Sem maldade? O que desaponta é a falta de consideração, aquela que acreditei um ser praticável. É a lei do cada um por si, sempre. Um dia aprendo! Por favor, sem esse papo de que gentiliza, gera gentiliza. A vida adulta nos faz desacreditar em quase tudo.


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.