sexta-feira, 7 de outubro de 2016

.: Van Morrison, magistral como sempre - Por Luiz Gomes Otero

Por Luiz Gomes Otero
Em outubro de 2016

O veterano músico irlandês Van Morrison é um dos nomes mais emblemáticos da história do rock. Autor de álbuns e hits antológicos nas décadas de 60 e 70, ele ainda é capaz de produzir um material inédito e com qualidade suficiente para emocionar o público.


Para quem não sabe, Van Morrison integrou o grupo Them nos anos 60 (do hit "Baby Please Don´t Go") e desenvolveu uma fértil carreira solo, incluindo álbuns antológicos, como o "Astral Weeks".

"Keep Me Singing", o 36º de sua discografia, é um disco em que Morrison deixa bem claro o seu lado de intérprete na releitura de "Share Your Love With Me", hit de Aretha Franklin. Também exercita o seu lado autoral de forma brilhante, como na bela canção "Every Time I See A River", escrita em parceria com Don Black. E ainda mostra seus dotes como instrumentista ao solar a peça instrumental "Caldonia Swing" no saxofone.


O disco é essencialmente composto por baladas incrivelmente inspiradas, que mostram a força do trabalho de Morrison. Um feito e tanto, pois o último material inédito que ele produziu foi apenas há quatro anos. As canções folk "Let It Rhyme" e "Going Down To Bangor", além da ótima "Too Late", são faixas que pegam o ouvinte logo de cara. Não há o que dizer de negativo em um trabalho realizado por Van Morrison. Ele continua magistral, como sempre foi.

"Too Late" 

"Share Your Love With Me"

"Keep Me Singing"

Entrevista 

Sobre o autor
Luiz Gomes Otero é jornalista formado em 1987 pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Trabalhou no jornal A Tribuna de 1996 a 2011 e atualmente é assessor de imprensa e colaborador dos sites Juicy SantosLérias e Lixos e Resenhando.com. Recentemente, criou a página Musicalidades, que agrega os textos escritos por ele.





← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.