terça-feira, 29 de novembro de 2016

.: Apps oferecem conveniência, mas limitam a socialização

Imagem: Pixabay
As pessoas estão começando a ser antissociais por causa da tecnologia? Essa é uma questão com resposta antagônica, uma vez que a ideia da internet e das redes sociais é aproximar, colocando amigos em contato e disponibilizar ferramentas para interação em tempo real. 

Cada um vive no seu mundo individual, e ainda não está bem definido se essa nova era tende a aproximar ou afastar as pessoas. Fato é que os relacionamentos humanos estão passando por uma rápida transformação. Isso deve ser repensado, pois está em nossas mãos saber aproveitar o que há de melhor dessas novidades. 

Com o dia a dia corrido, as praticidades que a tecnologia trouxe são fundamentais para manter a vida cotidiana. Com a chegada dos aplicativos então, tudo pode ser resolvido com alguns toques no celular. Tarefas simples como pedir um taxi, ir ao supermercado, ou ir para a cozinha preparar as refeições foram substituídas pela conveniência dos aplicativos que nos atendem em instantes, e sem sair de casa. 

Estamos vivendo um fenômeno onde as pessoas passam mais tempo em casa cercadas de entretenimento como jogos, consoles de videogame, Netflix, Facebook e tantas outras atividades que sair em público pode ficar em segundo plano. Nem mesmo aquela saidinha para jogar na lan house existe mais, os jogos online multiplayer podem ser usados a partir do computador de casa ou mesmo do smartphone

Por um lado isso é ótimo, quem não tem apps de transporte como Uber, de pedido de comida como PedidosJá ou outros, baixados no celular? Eles permitem que ações que levavam algum tempo para acontecer se realizem num piscar de olhos, sem sair de casa e sem você fazer esforço algum. No entanto, essa facilidade de viver a vida através de aplicativos pode ser perigosa, pois a comunicação com o mundo é interrompida.   

Enfim, é hora de saber dosar com inteligência a vida real e virtual para que não se percam as relações presenciais e não aumentem os níveis de solidão, principalmente nas grandes cidades. Ao final, cabe apenas a nós decidir como usar a tecnologia a nosso favor e dominá-la, sempre desfrutando do melhor que ela tem a oferecer. 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.