quinta-feira, 24 de novembro de 2016

.: "Humano Demais": tudo sobre a biografia de Padre Fábio de Melo

Lançamento da Globo Livros, "Humano Demais" conta a história do sacerdote – dos momentos angustiantes da infância até os dias de hoje.

Encantado com as reflexões que ouviu do padre Fábio de Melo na primeira vez que se encontraram, em 2013, em Jerusalém, o jornalista Rodrigo Alvarez sentiu que era a hora de escrever sua primeira biografia, tamanha foi a sintonia com o sacerdote mais admirado do Brasil. Autor dos best-sellers "Maria" e "Aparecida", lançados pela Globo Livros, o autor seguiu sua intuição e tratou de registrar em livro a trajetória de uma das principais figuras que mudaram a forma como o brasileiro encara a Igreja e a religião.

Lançamento da Globo Livros, "Humano Demais" relata o caminho percorrido por Fábio de Melo, desde o passado difícil vivido ao lado da família em Formiga, Minas Gerais, onde nasceu, e a decisão de ir para o seminário, até ele se tornar o sacerdote que emociona multidões. O livro traz também um caderno de fotos com o padre de 32 páginas. Nascido em 1971, cantor, compositor, poeta, escritor e ídolo da internet, o padre exerce atualmente o sacerdócio na Diocese de Taubaté, São Paulo, realiza seus shows pelo país e apresenta o programa "Direção Espiritual", na TV Canção Nova.

Fruto de uma pesquisa minuciosa, com detalhes e passagens emotivas, a biografia revela o homem comum por trás da celebridade que todos conhecem dos programas de TV, das rádios e das redes sociais. Alvarez revisita os anos de pobreza e conflitos da família Melo, as amizades, o bom-humor e o senso crítico – que desde cedo foram as marcas registradas de Fábio de Melo –, os obstáculos e as polêmicas que fizeram daquele menino pobre um fenômeno católico, capaz de contar histórias que falam ao coração das pessoas.

O autor traça um mapa da história de vida dos avós, dos pais — Dorinato, pedreiro, e Ana Maria, dona-de-casa — e dos seus sete irmãos. Filho caçula, o menino Fabinho, como era conhecido, teve uma infância conturbada. A escola era o único refúgio diante do turbulento ambiente doméstico, marcado pelas brigas constantes, pelas bebedeiras do pai e pela depressão de duas irmãs.

Sobre o autor
Rodrigo Alvarez, autor de cinco livros, nasceu no Rio de Janeiro e atualmente é correspondente da TV Globo em Berlim. Desde 1999, como repórter, vem cobrindo os principais acontecimentos do Brasil e do mundo — residindo em Nova Iorque, São Francisco e no Oriente Médio, com destaque especial para Jerusalém, onde passou mais de três anos entre guerras e lugares sagrados para diferentes religiões. Escreveu "Aparecida", "Haiti, Depois do Inferno" e "Maria", publicados pela Globo Livros, e "No País de Obama", publicado pela Nova Fronteira.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.