quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

.: O que deu errado na América Latina? Darcy Ribeiro responde

Muitos têm questionado nos últimos anos acerca da unidade da América Latina. Afinal de contas, quais os aspectos que unem os diversos países que integram o continente? Será correto falar de uma grande nação latino-americana, unida por traços culturais e sonhos comuns?

Em "América Latina: a Pátria Grande" (Global Editora, 136 páginas, R$ 45), Darcy Ribeiro procura ligar os diversos pontos que formam a grande comunidade denominada “América Latina”. 

Mergulhando com profundidade no estudo da história dos povos que fizeram parte de sua formação, o autor desvenda os motivos que levaram populações tão avançadas do ponto de vista sociocultural a ocuparem uma posição secundária no plano internacional. Outro alvo de Darcy é compreender o que motivou o estabelecimento de regimes de governo ditatoriais em várias nações latino-americanas.

Em que pese as insuficiências do modelo econômico dependente que caracterizaram a imensa maioria dos países da América Latina, a mensagem de Darcy é um sopro que traz alento e esperança reais. 

Na visão do antropólogo, em meio a um contexto de deterioração da qualidade de vida provocado em grande parte pela ganância dos países mais ricos, os povos latino-americanos conseguiram cultivar valores e princípios que até hoje são referência para o restante da humanidade. O texto de apresentação a esta edição é de autoria do Prof. André Borges de Mattos, da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Sobre o autor: 
Nasceu em Montes Claros, Minas Gerais, em 26 de outubro de 1922. Formado em Ciências Sociais na Escola de Sociologia e Política de São Paulo, em 1946, Darcy construiu uma brilhante carreira intelectual de projeção internacional, notadamente nos campos da antropologia e da etnologia. Destacou-se como escritor, educador e político, além de ter sido figura presente nos momentos centrais da história brasileira da segunda metade do século XX. Foi senador da República entre 1991 e 1997 e membro da Academia Brasileira de Letras. Faleceu em Brasília, em 17 de fevereiro de 1997.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.