quarta-feira, 15 de março de 2017

.: Apenas uma historinha difícil de entender

Por: Donatella Fisherburg
Em março de 2017


O casal não entendia o motivo real das insistentes e cansativas encaradas acompanhadas de total silêncio. Contudo, a vida é um maior mistério e vamos vivendo sem nos empenhar na compreensão de cada detalhe que a compõe. Entretanto, às vezes, quando acabavam pensando um pouco demais, caraminholas surgiam. Lá vinha o tal incômodo à tona.

Na verdade, tudo já começou de um modo estranho. Estavam já de saída, quando uma das vizinhas os abordou. Não! A abordagem não foi cuidadosa. Parecia que o certo era dar uma chance e esperar o melhor das novas moradoras da vila.

Até então, nenhuma palavra havia sido trocada, embora a frequência das mesmas fosse assídua. Eis que a primeira abordagem, chegou com tremenda pressa no pedido de favor com direito a olhos espigados, extremamente bem direcionados à tomada. Podemos usar a sua parede para a nossa festa de inauguração? 

Confusão mental. Enquanto que a esposa salientou que no dia, eles também realizariam um evento, o marido concordou em deixá-las usar a tal parede. Eis que chegou o momento dos preparativos das vizinhas e o verdadeiro pedido chegou: Temos o liquidificador das batidas, podemos usar a sua tomada que está ligada a geladeira? Claro que o pedido foi negado e, assim, colecionaram mais duas caras viradas, pois assim começaram as provocações veladas.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.