sexta-feira, 3 de março de 2017

.: David Otero renova a sua sonoridade com novo disco


Por Luiz Gomes Otero*, em março de 2017.

O som pop da Espanha ainda é pouco divulgado no Brasil, apesar de todo o processo de globalização que o mundo vivenciou nos últimos anos. E isso fica difícil de entender quando nos deparamos com a obra de um músico como David Otero, que tem todos os elementos para emplacar em solo brasileiro, mas ainda permanece pouco conhecido por aqui.

Também conhecido como El Pescao, o músico espanhol surgiu para a música no ano 2000, tendo integrado o grupo El Canto del Loco e produzido uma série de outros projetos musicais. Em seu primeiro disco solo, lançado em 2010, ele divide os vocais da faixa "Castilho de Arena" com a brasileira Ana Cañas, evidenciando a sua identificação com a nossa música.

Nesse novo disco, Otero segue a linha pop rock bem comercial, com receitas feitas sob medida para se tocar nas rádios. São canções que passeiam pelo ska, baladas e, claro, o rock em que se baseia a sua formação musical.

Não há como o público brasileiro não se identificar com a alegria e a energia de canções como "Aire" (que já conta com vídeo na internet), "Micromagia" e "Una Vez Mas". Gostei muito da balada "Regreso" e do rock´n roll básico de "12 Horas", ambas com potencial para tocar nas rádios.

David Otero traz canções bem construídas e produzidas com competência. É pop rock sim, mas sem cair no piegas. Bem melhor do que muita coisa que somos obrigados a ouvir nas rádios ultimamente. Vale a pena conferir.

"Micromagia"

"Aire"

"Un Mundo Para Ti"

"Regreso" 

*Luiz Gomes Otero é jornalista formado em 1987 pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Trabalhou no jornal A Tribuna de 1996 a 2011 e atualmente é assessor de imprensa e colaborador dos sites Juicy Santos, Lérias e Lixos e Resenhando.com. Criou a página "Musicalidades", que agrega os textos escritos por ele.







← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.