quinta-feira, 16 de março de 2017

.: Escute os mais velhos... sempre, por Donatella Fisherburg

Por: Donatella Fisherburg
Em março de 2017



Pensou em quão frustrante era toda aquela situação criada. Apesar de tudo precisava guardar pra si a mais nova decepção. Acreditou muito naquilo, pois planejamento não faltou. Aquele sonho foi destruído.

A verdade é que de nada adiantaria estudar, tendo em vista que a prática é sempre diferente. Tapinhas nas costas. Assim como as palavras ditas antes de o circo pegar fogo. Desde o básico "quero conhecer" até o "eu ajudo". Tudo é falado da boca para fora, projetado assim como um vômito.

Nada como o tempo para mostrar quem, de fato, está com você. O curioso que é sempre aquele que, desde a ideia, censurou. Insistiu para não seguir em frente. Disse tudo o que, por fim, aconteceu. Por sorte e por amor, na pior hora não solta o deprimente: "Eu avisei!"

Assim, fica claro que os mais velhos -e que nos amam- sabem o que falam.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.