domingo, 5 de março de 2017

.: Livro conta a história de Anne Frank sob o ponto de vista de uma árvore

.: O castanheiro-da-índia, que realmente existiu, ficava no quintal da fábrica do pai da menina, onde a família se escondeu da perseguição nazista.

Uma das obras mais importantes do século XX, “O Diário de Anne Frank” tornou-se um símbolo dos horrores perpetrados pelo nazismo durante a Segunda Guerra Mundial. O relato da adolescente judia que foi perseguida ao lado da família está há meses entre os livros mais vendidos no Brasil. Em “A Árvore no Quintal – Olhando pela Janela de Anne Frank”, o autor Jeff Gottesfeld narra a história de Anne de forma lúdica e poética, a partir do ponto de vista de uma árvore.

A árvore, um castanheiro-da-índia, existiu de verdade. É citada pela menina no diário, e sobreviveu por 172 anos. Ficava no quintal do terreno da fábrica de Otto Frank, em Amsterdã. Foi num anexo da fábrica que Anne e a família se esconderam durante a ocupação da Holanda.

No livro, Gottesfeld relata como a árvore gostava de observar os passos da menina; a via escrever no diário pela janela; testemunhou seu primeiro beijo; e acompanhou ainda a manhã em que “homens de uniforme cinzento chegaram à fábrica, rasgaram as cortinas e enfiaram as pessoas em carros negros”. O autor imagina ainda como a árvore passou anos esperando a menina, que nunca mais voltou. E como teria presenciado o retorno do pai, que reencontrou na fábrica os escritos de Anne.

A árvore morreu em 2010, atingida por um raio em meio a uma tempestade, no verão em que Anne teria completado 81 anos. Mas seu legado permanece vivo, como o da menina: suas sementes e mudas foram plantadas em lugares conhecidos por sua relação com a luta por liberdade e tolerância no mundo inteiro. As belas ilustrações em sépia são de Peter McCarty.  Chega às livrarias em março pela Galera Junior.

Jeff Gottesfeld é um escritor famoso por seus escritos para literatura, teatro e cinema. Já foi premiado pela American Library Association, pelo Writers Guild of America e pelo National Council for the Social Studies. Já escreveu livros para adultos, adolescentEs e pré-adolescentes. “A Árvore no Quintal” é seu primeiro livro ilustrado. 

Peter McCarty é escritor e ilustrador de muitos livros premiados para crianças. Foi premiado como o Caldecott Honor e indicado ao prêmio de Melhor Livro Ilustrado do ano para crianças pelo New York Times.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.