sexta-feira, 16 de junho de 2017

.: O "Adiós" musical de Glenn Campbell, por Luiz Gomes Otero

Por Luiz Gomes Otero*, em junho de 2017

O músico americano Glenn Campbell lançou o seu 64º disco, "Adiós", que poderá representar sua despedida musical. E se isso for mesmo verdade, ele fez sua retirada em grande estilo, conservando a magia das canções com arranjos de predominância folk.

Campbell foi diagnosticado em 2011 com o Mal de Alzheimer. E, desde então, vem realizando uma turnê de despedida, a "Farewell Tour". Foi nesse período que surgiu a possibilidade de gravar mais um álbum.

As doze faixas de "Adiós" foram escolhidas por Campbell e gravadas entre os anos de 2012 e 2013. Eram composições que ele nunca havia gravado anteriormente, mas sempre admirou ao longo dos anos. Esse é o caso de "Everybody´s Talkin", de Fred Neil, que integrou a trilha sonora do filme "Midnight Cowboy". O mesmo vale para "Don´t Think Twice It´s All Right", de Bob Dylan, que ganhou uma versão a altura de sua importância para a música folk.

As dez faixas restantes não são tão conhecidas do público brasileiro. Mas nem por isso deixam de ser interessantes. É emocionante ouvir a voz de Campbell cantando como se quisesse superar os efeitos devastadores que a doença acaba provocando de forma gradativa.

"She Thinks I Still Care" foi gravada por Elvis Presley nos anos 70. E há ótimas baladas compostas por Jimmy Webb, como "Just Like Always" e "It Won't Bring Her Back". O amigo Willie Nelson compôs e divide os vocais da faixa "Funny How Time Slips Away". Vince Gill, de uma geração mais recente de músicos country, participa cantando com Campbell a faixa "Am I All Alone".

Mas a emoção toma mesmo conta do CD player na canção "Adios", de Jimmy Webb, uma balada folk cantada de forma magistral por Campbell. É como se fosse mesmo um grito de despedida dele para o público.

Para os fãs essa edição do disco vem com um bônus com mais 15 faixas contendo hits bem conhecidos do grande público, como Rhinestone Cowboy, Wichita Lineman e Galveston, entre outros. Um presente e tanto que Glenn Campbell deixa para os admiradores.

"Everybody´s Talkin´"

"Funny How Time Slips Away"

"Arkansas Farmboy"

 "Adiós"




*Luiz Gomes Otero é jornalista formado em 1987 pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Trabalhou no jornal A Tribuna de 1996 a 2011 e atualmente é assessor de imprensa e colaborador dos sites Juicy Santos, Lérias e Lixos e Resenhando.com. Criou a página "Musicalidades", que agrega os textos escritos por ele.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.