segunda-feira, 17 de julho de 2017

.: "Bela Adormecida", com Adriane Galisteu, confirma apresentações

Após bem-sucedida temporada no Teatro Opus, o musical que traz Adriane Galisteu no papel principal ao lado do filho Vittorio, acaba de confirmar apresentações no Teatro Bradesco



Crédito: Bianca Tatamiya

Todo mundo tem seu clássico preferido e a história da "Bela Adormecida" está entre uma das mais adoradas mundo afora. Esta nova adaptação do conto de Charles Perrault colocará a vilã Maléfica para cantar e encantar espectadores de todas as idades.

Com direção do italiano Billy Bond, o musical infantil "Bela Adormecida" é fruto da adaptação do famoso conto de fadas homônimo e conta a história da princesa Aurora ("Bela Adormecida"), que em sua festa de batizado acaba sendo vítima de uma terrível maldição proferida por Maléfica, a rainha do mal.

Com realização da Black & Red Produções, o espetáculo que estreou no novíssimo Teatro Opus, em São Paulo, será apresentado, nos dias 7 e 8 de outubro, às 15h, no Teatro Bradesco. Ingressos já à venda na bilheteria do Teatro, pelo site da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) e pontos autorizados. Confira o serviço completo abaixo.

Adriane Galisteu é a protagonista da produção. No papel de Maléfica, ela trará uma nova imagem ao estereótipo típico dos personagens dos contos de fadas que, geralmente, são antiquados e carrancudos. Galisteu interpreta uma vilã muito mais jovial, elegante, majestosa e até com certa luz própria. Outra novidade é que a atriz contracena com seu filho Vittorio Galisteu. Vittorio, de seis anos, interpreta o papel do Príncipe Felipe Criança. Essa foi uma maneira encontrada por Galisteu para inicia-lo no mundo das artes cênicas e também para estar mais perto do filho enquanto trabalha.

Bela Adormecida também nos presenteia com personagens carismáticos e sequências incríveis, a começar pela abertura, que se destaca pela riqueza dos cenários e, principalmente, pelos belíssimos efeitos especiais. Efeitos, estes, que podem ser vistos durante toda a apresentação, como, por exemplo, na transformação de Maléfica em Dragão, a luta entre o Príncipe Felipe e o Dragão, a mudança de cores do vestido da Bela Adormecida, atores contracenando com desenhos animados, entre outros. Além disso, o público poderá experimentar interações, como cheiros e sensações de chuva e neve na plateia. O musical possui, no total, seis cenários reais e virtuais, todos minuciosamente elaborados e construídos.

As fadas Flora, Fauna e Primavera, protetoras de Aurora, são personagens que prometem encantar e cativar a audiência do teatro. Este trio de irmãs renderá cenas mágicas durante o musical, como, por exemplo, um desastre provocado e que se torna a surpresa do aniversário da princesa adormecida. As três personagens conduzem, praticamente, a história toda durante o musical.

Carlos Gardin ficou responsável pelos figurinos do espetáculo. Ele criou e produziu 180 peças para dar vida a este mundo de fantasia cheio de glamour. Os 40 personagens que aparecem em cena serão representados por 22 atrizes e atores, que se revezam em diferentes papéis. Confira elenco completo:

A trilha sonora é outro elemento que merece destaque. A música-tema é de composição do grande compositor russo Piotr Ilich Tchaikovsky (O Lago dos Cisnes) e as trilhas tema dos personagens Bela, Felipe, Maléfica e Fadas foram especialmente compostas para o musical pela dupla VILABOND. As composições conseguem proporcionar uma maior emoção e intensidade às cenas românticas, cômicas ou de maior ação.

Bela Adormecida pode ser considerada uma verdadeira reunião de vários elementos típicos presentes nos contos de fadas: princesas amaldiçoadas, combates mortais, castelos, reis, fadas, dragões, entre outros. Além de ser um conto mundialmente conhecido. Apesar de sua história ser bem conhecida, ela consegue prender a nossa atenção e nos deixar verdadeiramente encantados, tamanha a magia e graciosidade presentes na produção.

Sobre Billy Bond

Com truques realizados por equipamento de última geração, o diretor Billy Bond é um dos mais importantes encenadores de musicais para a família em atividade no Brasil. Nome de destaque no cenário do showbizz, o diretor Billy Bond – que morou muitos anos na Argentina – fez carreira no Brasil.

É responsável também por produções como "Cinderella", "O Mágico de Oz", "Branca de Neve", "After de Luge", "Rent", "Les Miserables", "O Beijo da Mulher Aranha", "Peter Pan" e "Natal Mágico", entre muitas outras. Billy também foi cantor e produtor de rock. No fim dos anos 60, lotava espaços em meio à ditadura do país com o grupo de hard rock Billy Bond Y La Pesada. Também produzia espetáculos pop. Alguns duramente reprimidos pela polícia, como o que fez em 1972 no Luna Park. Chegou a ter mais de 100 músicas censuradas na época da Ditadura.

No Brasil, conheceu a banda Secos & Molhados através do Willie Verdaguer, baixista deles, que era argentino. Quando Ney Matogrosso deixou o grupo, Billy o produziu em carreira solo (por volta de 1975). Na época também atuou como vocalista da banda Joelho de Porco. Produtor responsável pela vinda da banda Queen aos Brasil, nos anos 80. Hoje, a frente da Black & Red Produções descobriu nova fórmula para produzir e dirigir musicais de sucesso que arrebatam milhares de espectadores pelo Brasil.

Elenco
Maléfica – Adriane Galisteu
Standing – Titziane Marques
Bela Adormecida– Nicole Rosemberg
Príncipe Felipe – Caio Mutai
Príncipe Felipe Criança – Vittorio Galisteu
                                          Standing- Beatricce Stoll
Rei Estevão – Italo Rodrigues
Rainha- Mayla Betti
Rei Nemésio- Marcio Yacoff
Fadas
Flora – Luana Marthin
Fauna – Ana Saguia
Primavera – Paula Canterini
Ensemble
(Soldados, Arautos e Dragão)
Alvaro de Padua
Marcos Antoneli
Newton Yamasaki
Matheus Laurini
Tayanne Zandonato
Fabio Galvão
Axila felix
Larissa Porrino
Carla Reis
Paula Perillo
Pernas de Pau
Daniel de Oliveira
Alex Santos

Ficha técnica:
Figurinista: Carlos Alberto Gardin
Perucas e postiços: Wellington Fontinelli e Emily Garcia
Transporte na produção de figurinos: Amilton Rodrigues de Carvalho e Caio Bragha
Cenários: Silvio Galvão e Billy Bond
Adaptação: Billy Bond e Lilio Alonso
Diretor geral de dramaturgia: Billy Bond e Andrew Mettine
Direção de Cena: Marcio Yacoff
Coreografia: Italo Rodrigues e Paula Perillo
Coaching Vocal:  Nick Vila Maior
Direção Musical: Bond e Villa
Diretor Técnico  - Angelo Meirelles
Efeitos especiais: Gabriele Fantine
Filmes e animações: George Feller e Lucas Médici
Mappings: Nicolas Duce
Realização: Black&Red Produções
Duração: 110 min
Faixa etária: Livre

"Bela Adormecida"
Dias 7 e 8 de outubro
Sábado e domingo, às 15h
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.