terça-feira, 18 de julho de 2017

.: Curador do jogo "Baleia Azul" é preso após investigação do "Jornal da Record"


Quase dois meses após o "Jornal da Record" exibir uma reportagem exclusiva sobre quem está por trás do jogo "Baleia Azul", a Polícia Civil do Rio de Janeiro efetuou a prisão, em Nova Iguaçu, de um dos curadores da série de 50 etapas que leva ao suicídio.
O jovem de 23 anos foi identificado pela emissora depois de meses de investigações do Núcleo de Investigações Jornalísticas da Record TV, que se infiltrou em comunidades restritas e chegou até o administrador do jogo se fazendo passar por uma pessoa adepta dos desafios.
Depois de fingir cumprir as ordensuma vez por dia, a produção conseguiu se encontrar com o moderador. Sem desconfiar que a conversa estava sendo gravada, ele falou sobre o jogo e contou por que queria levar os jovens a cometer o suicídio.

Com a ajuda desse material, a Polícia Civil fluminense passou a investigar o rapaz e prendeu o primeiro curador do jogo "Baleia Azul" no Brasil. Todos os detalhes da prisão serão exibidos nesta terça, 18 de julho, a partir das 21h45, no "Jornal da Record"

A equipe que trabalhou na reportagem foi chefiada pelo diretor de gestão de jornalismo, Leandro Cipoloni, e composta por Luiz Carlos Azenha, André Caramante, Julia Rezende, Camila Moraes, Diego Costa, Álvaro Saraiva e Lumi Zúnica.

A reportagem que identificou o curador foi exibida pelo "Jornal da Record" em 31 de maio deste ano e fez parte de uma série especial sobre suicídio.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.