quarta-feira, 2 de agosto de 2017

.: Exposição fotográfica: Adobe e MIS trazem criador do Photoshop

Adobe e MIS trazem criador do Photoshop para exposição de fotografias no Brasil. Lançamento da exposição é neste sábado, com painel que terá a participação de Thomas Knoll para debater a fotografia, digitalização e edição de imagens


Há mais de 27 anos, Thomas Knoll, junto com o irmão John, uniam duas de suas principais paixões - a fotografia e a programação em computadores - para criar uma ferramenta capaz de realizar ajustes em imagens. Mal sabiam eles que estavam desenvolvendo o principal software de edição de imagens do mundo – o Adobe Photoshop. Para celebrar tantos anos de sucesso desde a criação dos irmãos Knoll, o Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS), Instituição da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Adobe, realiza entre os dias 5 a 20 de agosto, a exposição fotográfica “Infinitude” – uma coletânea de imagens de diversas viagens pelo mundo registradas por Thomas Knoll, que visita o Brasil para o dia da abertura da exposição.

O lançamento ocorre neste sábado, dia 05 de agosto, a partir das 17h00, com programação especial e entrada gratuita (sujeito à lotação). Thomas Knoll estará presente no MIS para um painel em que debaterá fotografia, digitalização e edição de imagens, seguido de um coquetel de abertura. Os ingressos para o público podem ser retirados na recepção do MIS uma hora antes do início do painel, que tem início programado para as 18h00.

Infinitude: “Infinitude” propõe um passeio criativo pelas imagens de Thomas Knoll, que desde garoto é um amante da fotografia. “No meu aniversário de 11 anos, meu pai me deu minha primeira câmera e criamos um laboratório analógico no nosso porão, onde ele me ensinou a revelar filmes e fazer impressões em preto e branco. Passei muitas horas tirando fotos e mais horas ainda trabalhando dentro do laboratório”, relembra Thomas.

Na exposição, o visitante poderá conhecer 12 imagens, 4 delas reproduzidas em um cubo retroiluminado. Dentre as fotografias em destaque estão vistas das Montanhas Amarelas, na China, e do Deserto de White Sands, nos EUA.

Nascimento do Photoshop: Sobre a criação do Photoshop, Knoll conta como foi essa união de dois hobbies – fotografia e programação – e o nascimento da ferramenta. “Estava fazendo um doutorado no campo da visão computacional, que é o processo de ensinar um computador a enxergar como um humano. O primeiro passo em muitos algoritmos da visão computacional é o processamento de imagem. Meu irmão John também estava começando a pesquisar esse assunto, então coloquei meus algoritmos em um aplicativo e dei a ele uma cópia”.

Após ajustes para entrar com o Photoshop no mercado (inicialmente com o nome ImagePro), veio a parceria com a Adobe e o lançamento do Photoshop 1.0, na época exclusivamente para Macintosh. Knoll afirma que com a comercialização e sucesso do software, ficou totalmente focado no desenvolvimento da ferramenta durante 12 anos. “Até que em 2002 comprei minha primeira câmera digital de alta qualidade. As câmeras digitais me fizeram redescobrir meu amor pela fotografia. Desde então, fiz diversas viagens a lugares longínquos ao redor do mundo, registrando algumas das fotos que agora estão nessa exposição”.

Como o primeiro engenheiro do desenvolvimento do Adobe Photoshop, Thomas Knoll colaborou com a codificação de seis versões do famoso software. Depois disso, colaborou com a Adobe no desenvolvimento do Adobe Color Engine para um gerenciamento de cores mais consistente no Photoshop e criou a tecnologia Adobe Camera Raw. Ele também é o criador do formato de arquivo Digital Negative (DNG) que resolveu o problema crítico de diferentes formatos exclusivos proprietários dos fabricantes de câmeras. Em 2012, Thomas Knoll passou a integrar a seleta comunidade de consultores executivos da Adobe, ajudando a definir estrategicamente o roteiro de produtos da empresa para imagens digitais e explorando fluxos de trabalho alternativos e novas interações com os serviços e dispositivos da Adobe Creative Cloud.


Serviço
Exposição Infinitude, por Thomas Knoll
Data 05 a 20 de agosto de 2018
Horário 11h às 20h (terça a sexta-feira/permanência até às 21h); 10h às 21h (sábados/ permanência até às 22h); e 10h às 19h (domingos e feriados/ permanência até às 20h). A bilheteria abre uma hora antes da visitação
Local Espaço Expositivo 2º andar
Ingressos R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia]. Terças-feiras gratuitas. O acesso à exposição Infinitude se dá pela exposição Steve Jobs – O Visionário

Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 18
Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

Sobre a Adobe Systems Incorporated: A Adobe está mudando o mundo por meio de experiências digitais. Para mais informações, visite www.adobe.com/br/

Sobre o MIS: O Museu da Imagem e do Som, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, foi inaugurado em 1970. Seu acervo conta com mais de 200 mil itens como fotografias, filmes, vídeos e cartazes. Hoje é um dos espaços culturais mais vivos do país. Além de exposições de sucesso, como Stanley Kubrick, David Bowie, Castelo Rá-Tim-Bum, O mundo de Tim Burton e Silvio Santos vem aí o MIS possui uma programação cultural diversificada, com eventos em todas as áreas e para todos os públicos: cinema, dança, teatro, música, fotografia e vídeo estão presentes no dia a dia do museu. 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.