quinta-feira, 10 de agosto de 2017

.: Sesc: Pesquisadora relaciona o feminismo e as artes visuais

Roberta Barros defende que ainda há receio no campo artístico em sustentar uma arte abertamente feminista


A pesquisadora e artista visual Roberta Barros faz palestra no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc no dia 24 de agosto, na qual fala sobre o conteúdo do livro Elogio ao toque ou como falar de arte feminista à brasileira, que aborda questões de gênero no campo das artes visuais, investigando os afastamentos ou aproximações que ocorreram em diferentes  contextos históricos brasileiros entre as palavras arte e feminismo. O livro é fruto de pesquisa vencedora do Prêmio Gilberto Velho de Teses (2015).

Roberta traz reflexões sobre como mais homens que mulheres se inseriram no circuito de arte do país; como artistas mulheres não tratavam de questões ligadas ao feminino tão explicitamente na ditadura para não perder espaço; e de como analisar questões feministas nas obras de arte ainda é um tabu.

Para ela, há uma desproporção entre o número de homens e mulheres nas coleções, sejam públicas ou particulares. Por outro lado, em termos de eficácia sobre a construção de imagem, há grandes artistas mulheres que são equiparadas aos grandes nomes masculinos. Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Lygia Pape, Lygia Clark... Elas são celebradas, e a arte brasileira constrói muito de si em cima dessas mulheres.

Segundo ela, o número de mulheres nas artes está crescendo da mesma forma que cresce nos mais variados setores, mas seus trabalhos raramente são comentados pelas questões que trazem do feminismo. Discutem cor, questões formais, mas o feminismo nas obras é desprezado, como se fosse um tabu.

Sobre o CPF Sesc: Inaugurado em agosto de 2012, o Centro de Pesquisa e  Formação do Sesc é uma unidade do Sesc São Paulo voltada para a produção de conhecimento, formação e difusão e tem o objetivo de estimular ações  e desenvolver estudos nos campos cultural e socioeducativo.

Além do Curso Sesc de Gestão Cultural - que visa a qualificação para a gestão cultural de profissionais atuantes no campo das Artes, tanto de instituições públicas como privadas - a unidade proporciona o acesso à cultura de forma ampla, tematicamente, por meio de cursos, palestras, oficinas, bate-papos, debates e encontros nas diversas áreas que compreendem a ação da entidade, como artes plásticas e visuais, ciências sociais, comportamento contemporâneo e cotidiano, filosofia, história, literatura e artes cênicas, voltadas para o público em geral.

Elogio ao toque ou como falar de arte feminista à brasileira. Pesquisar o livro na internet para ver se vale a pena
Dia 24 de agosto de 2017, quinta, das 19h às 21h.
Recomendação etária: 16 anos. Número de vagas: 70.
Grátis – mediante inscrição.
Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação com no mínimo dois dias de antecedência da atividade através do e-mail centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br.
Informações e inscrições pelo site (sescsp.org.br/cpf) ou nas unidades do Sesc no Estado de São Paulo.

Centro de Pesquisa e Formação do Sesc
Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar.
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 22h. Sábados, das 9h30 18h30.
Tel: 3254-5600

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.