quarta-feira, 6 de setembro de 2017

.: 7x1: A estreia de AHS Cult na noite das eleições

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em setembro de 2017



Com o objetivo de impressionar e fisgar completamente o público, o primeiro episódio "Election Night", da sétima temporada de American Horror Story, subtitulado de Cult, faz o horror explodir na tela com precisão. É de deixar qualquer um boquiaberto. E como ousadia é o sobrenome dessa série antológica, há espaço para mandar recado do que vem na nova temporada, pois o discurso deKai Anderson (Evan Peters) destaca que "nós queremos sentir medo", pois "não há nada mais perigoso no mundo do que um homem humilhado". 

Tudo indica que veremos muito desses efeitos, principalmente nas atitudes de Kai! Assim, o papel de perturbador fica com Kai e o de perturbada com Ally (Sarah Paulson). E a raspadinha jogada por ele? Eita saudade de "Glee"!! Essa mulher, aparentemente transtornada descreve cenas terríveis de puro terror e tensão ao contar as visões que tem. Tudo isso costurado com o que pensa a respeito da política americana. Em contrapartida, a promessa de aliviar tal "insanidade" com medicamentos fica com o Dr. Rudy (Cheyenne Jackson), que ainda não mostrou a que veio. Ok! Sei bem que esse é somente o episódio de apresentação de personagens principais e da trama.

Por outro lado, toda a tensão da cena sequência, após a "psicótica" sair do consultório e seguir para o mercado traz ritmo para a história. Lá, a agilidade do enredo ganha força quando Ally, visivelmente alterada, alucina no mercado com visões para lá de apavorantes. Sim! Sarah Paulson dá um show de talento mais uma vez, embora fique claro que a personagem dela irá sofrer e muito nesse jogo de realidade e ilusão. 

Enquanto que o grande vilão da temporada é nitidamente Kai, Winter, apelidada de Winnie (Billie Lourd), com cara de bruxinha misturada com rebelde sem causa, é a grande ajudante de Kai. Como acontece? Os dois fazem um pacto com direito a dedinhos e promessas. Para apimentar tudo, onde Winter se infiltra? Na casa de Ally e Ivy -parceira de Ally-, cuidando do filhinho da senhora Mayfair-Richards que desenha o palhaço Twisty, grande personagem assassino da série na temporada "Freakshow". Que saudade dele... com e sem máscara!

E como todos amamos reencontrar personagens escabrosos, outro elemento é resgatado nesse episódio: o carro azul e branco do leiteiro. Aqui, no período da noite, o veículo traz medo e morte. No entanto, é divertido reencontrar o que marcou e fez história em AHS.

Enfim, quem tem medo de palhaço? Enquanto que -incentivado por Winter- o filho de Ally "tenta" treinar o cérebro assistindo cenas de morte, a própria mãe ainda terá muito que aprender como lidar com esses seres mais do que maquiavélicos. Vamos acompanhar o perturbador AHS Cult e a latente cultura do medo!


Seriado: American Horror Story: Cult

Episódio: Election Night Elenco: Sarah Paulson como Ally Mayfair-Richards, Evan Peters como Kai Anderson, Cheyenne Jackson como Dr. Rudy Vincent, Billie Lourd como Winter Anderson, Alison Pill como Ivy Mayfair-Richards, Colton Haynes como Detetive Samuels, Billy Eichner como Harrison Wilton, Leslie Grossman como Meadow Wilton, Adina Porter como Beverly Hope, Lena Dunham como Valerie Solanas, Emma Roberts como Serina Belinda, Chaz Bono como Gary Longstreet, John Carroll Lynch como Twisty, o Palhaço, Frances Conroy, Mare Winningham, James Morosini.


* Mary Ellen é editora do site cultural www.resenhando.com, jornalista, professora e roteirista, além de criadora do www.photonovelas.com.br. Twitter: @maryellenfsm 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.