sábado, 30 de setembro de 2017

.: FLINF: Affonso Romano de Sant´Anna e Marina Colasanti homenageados


A segunda edição da FLINF (Festa Literária de Nova Friburgo), que acontece de 26 a 29 de outubro na serra fluminense, homenageia Marina Colasanti e Affonso Romano de Sant´Anna celebrando a vida e a obra dos dois autores que nutrem uma relação especial com o município, que frequentam mensalmente há décadas. Affonso e Marina suscitam em sua literatura, perguntas e respostas que tanto instigam quanto acalantam o tempo que vivemos. Afinal, que país é este entre a rosa e a espada? É também um pergunta.

A FLINF 2017 é um convite e uma provocação pra pensar quem somos e como a literatura nos auxilia neste lugar de reflexão.  Além de Affonso Romano de Sant´Anna e Marina Colasanti, a festa, que acontece no corredor cultural da cidade (em frente à Praça Getúlio Vargas) prepara uma edição inspirada nos autores homenageados, com outros escritores que dialogam com temas presentes na obra e na vida de Affonso e Marina; que pensem o país, a leitura, a educação, os meios de comunicação, a arte e o cotidiano. A curadoria pretende encher a serra de poetas, cronistas e, claro, muitas mulheres que se relacionem com o feminino que atravessa a literatura de Marina Colassanti.

Os jornalistas Arthur Dapieve e Sergio Rodrigues batem uma bola sobre o país do futebol, o jornalista e curador do Museu da Imagem e do Som, Hugo Sukman, conversa com a cantora e compositora Cátia de França sobre os brasis de João Cabral de Mello Neto e Guimarães Rosa presentes em sua obra. Poesia é presente com a roda com Omar Salomão, Ana Blue, Botika, e Iracema Macedo, além de uma edição do "Cep 220 Volts", inspirado no "Cep 2000 Carioca". As biografias musicais são tema da mesa com Paulo Cesar Araujo, autor que provocou a mudança das leis de biografia no país, Christ Fuscaldo e sua discobiografia sobre Legião Urbana e o biógrafo Sergio Farias.  Muitas outras mesas em diálogo com a obra de Marina e Affonso estão cotadas na programação com mais de 60 horas de literatura. A homenagem à Affonso e Marina acontece no Teatro Municipal e será conduzida pela professora da PUC-Rio  Eliana Yunes. Os dois falam novamente nos espaços da Oficina Escola e da Fundação D. João VI, no sábado, dia 29.

A primeira FLINF foi um sucesso de público, de crítica e de adesão e manifestou a demanda reprimida por eventos literários na serra fluminense e no interior do país. A Festa Literária de Nova Friburgo é hoje um dos eventos de maior destaque no calendário cultural e turístico do município de cerca de 200 mil habitantes. Com repercussão em âmbito nacional (O Globo, Publishnews, G1), o evento promete se desdobrar em várias edições e contribuir para o desenvolvimento local.

A ideia dos realizadores da festa é continuar homenageando autores vivos, que dialoguem e encontrem as pessoas, isto é, que perfaçam além do caminho que a literatura e o livro podem fazer. Os encontros podem provocar ações, projetos e outras iniciativas. A FLINF quer ser reconhecida como uma festa que promove o encontro, o diálogo, o intercâmbio de ideias, de trocas e oportunidades locais. A primeira edição da Festa causou não só o abraço da cidade, como se amplia como um evento que se desdobra em outras ações de promoção, mediação da leitura e iniciativas em torno da economia criativa.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.