sábado, 23 de setembro de 2017

.: O erro de Nicole e a ascensão de Mine ao título de protagonista de "A Fazenda"


Por Helder Miranda, em setembro de 2017.

Participar de "A Fazenda" alavanca e destrói carreiras. Nicole Bahls, que na quinta edição do programa saiu como a "campeã moral" do reality, hoje não é nem sombra do que ela foi um dia. É triste ver um dos grandes nomes desse programa rebaixado à primeira eliminada, perdendo para uma desconhecida. 

O erro de Nicole foi repetir a narrativa do jogo anterior, quando trouxe problemas de fora com Viviane Araújo que, dentro do programa, até "pediu água". No retorno de ex-participantes, quando a reinvenção se faz necessária, Nicole volta com o mesmo jogo de mágoas da edição que a consagrou, elegendo, desta vez, Ana Paula Minerato como desafeto e colocando nela o foco da casa e o holofote para os telespectadores.

Mine, por sua vez, aproveitou-se da falta de inteligência do grupo que a "massacrou" sem ela ter dado motivos, para criar o próprio script na casa. Não que ela não tivesse sido perseguida, de fato foi, e até injustiçada - porque a moça não trouxe para dentro de casa nada que pudesse fazê-la detestada imediatamente. E usou tudo a favor dela para, de coadjuvante de Nicole nos primeiros dias, ser a protagonista absoluta da edição - tudo gira em torno dela, todos falam sobre ela, e mutos têm, por objetivo, eliminá-la - até o jogo sujo de provocar uma agressão foi citado.

É gostoso torcer por Minerato porque, até então, ela só dá alegrias para a sua torcida, desde rebater com energia a quem a provoca até se jogar com garra nas provas em que a vitória depende única e exclusivamente do esforço dela. Ana, também, é estrategista - se o próprio grupo dela a coloca em risco, o que ela faz? Criar o próprio squad - que tem Matheus Lisboa e Marcelo Ié Ié como fieis escudeiros, tão poderoso, que consegue lidar com "inimigos" dividindo o mesmo teto.

Além de tudo, na festa, cedeu aos encantos do ex-"Big Brother Brasil" Marcos Harter, dando-lhe uns beijos e fazendo a alegria das torcidas - já que ambos os participantes lideram os grupos de fãs fieis e extremamente passionais. Alguns temem que Marcos cometa os mesmos erros com Emily - duvido que, com Ana Paula Minerato - empoderada sem perder a doçura e uma militante contra as causas do machismo (bebe, veste as roupas que quer, e usa o vocubulário que acha conveniente para as situações para as situações de confronto) - ele se dê a besta. Mas, como Marcos não deve pagar novamente pelos erros que cometeu no reality passado, ele, mais do que ninguém, merece uma nova chance. Está formada a dupla de protagonistas. Que comecem os jogos! 

Sobre o autor
Helder Miranda é editor do portal Resenhando há 14 anos. Foi comentarista do site Votalhada e opinava sobre os realities "Masterchef", "O Aprendiz" e "A Fazenda". É formado em Comunicação Social - Jornalismo e licenciado em Letras pela UniSantos -Universidade Católica de Santos, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP, e graduando em Pedagogia pela Univesp - . Atuou como repórter em vários veículos de comunicação. Lançou, aos 17 anos, o livro independente de poemas "Fuga", que teve duas tiragens esgotadas.

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

3 comentários:

  1. Marcos protagonista aonde? Não passa de um figurante.

    ResponderExcluir
  2. Se o falecido da dando em cima dela pra que os fãs dela fique com raiva dela está conseguindo,hoje o povo já amanheceu falando dela por ter ficado com ele ontem, é isso que ele quer,só eu não caio no golpe dele não pra mim ele continua falecido estou falando do Marcos só a Mine Flávia e agora Mateus.

    ResponderExcluir
  3. Marcos não vai mesmo cometer os erros do passado, já está cometendo!! Tá para nascer torcida mais cega que a dele!!! hahahahahahahahaha

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.